Governo do Estado divulga relatório de reconstrução das áreas afetadas na catástrofe de 2008, incluindo Itapoá Imprimir E-mail
Política
Qui, 08 de Abril de 2010 07:15

Em novembro de 2008, Itapoá sofreu a maior catástrofe dos seus quase 21 anos de história. Recentemente, foi divulgado um Relatório de Ações do Grupo de Reação, criado pelo Governo do Estado de Santa Catarina para garantir a reconstrução frente aos danos causados pelas enchentes que afetaram todo o Estado naquela ocasião.


No que diz respeito a Itapoá, o referido Relatório em resumo, diz o seguinte:

As enxurradas registradas em Santa Catarina resultaram em danos à infraestrutura do Município. Choveu 185 mm entre 0 e 10 horas do dia 22 de novembro de 2008, o que equivale a todo o volume de chuva esperado para novembro. Grande parte das ruas ficou alagada e o acesso ao Município ficou interditado. Os níveis dos rios Saí Mirim e Saí Guaçu invadiram as rodovias e provocaram alagamentos. O Município apresentou, no tocante à Saúde, um aumento significativo do número de pacientes atendidos, em especial casos de gastrenterite, gerando necessidade na aquisição de medicamentos e material de consumo (limpeza e higiene).


Ainda, segundo o relatório, as Unidades de Saúde foram atingidas, com necessidade de reposição de equipamentos que foram danificados. O mesmo ocorreu com os veículos, sendo registradas três baixas (uma ambulância, um carro da vigilância epidemiológica, um carro da vigilância sanitária), e outros três foram danificados (uma ambulância, uma van e um carro PSF). O Município ficou sem ambulância entre os dias 01 e 16 de janeiro de 2009. As enchentes atingiram a Escola de Educação Básica Nereu Ramos, que atende aproximadamente 850 alunos.

A Secretaria do Estado da Saúde – SES – adquiriu equipamentos e mobiliário para as unidades escolares atingidas, sendo necessária a reposição aos danos causados em decorrência das enchentes no valor de R$ 260.537,42, oriundos do Ministério da Educação – Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino.

A Secretaria do Estado da Saúde – SES – repassou R$ 575.000,00, oriundos do Ministério da Saúde. O DEINFRA (Departamento de Infraestrutura de Santa Catarina) assinou contratos que somaram R$ 2.355.290,25 para a recuperação estrutural do Município.

A Secretaria de Estado da Administração – SEA – assinou convênios para repasse de R$ 63.694,14 dos recursos federais e acompanhamento da execução das obras de recuperação/reconstrução do patrimônio público.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar