Vereador Izaque Goes faz seu primeiro pronunciamento na Câmara a respeito de denúncias contra ele Imprimir E-mail
Política
Qua, 12 de Outubro de 2011 17:48

Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Itapoá dessa segunda-feira (10), o vereador Izaque Goes fez o seu primeiro pronunciamento em Plenário a respeito da denúncia de pagamento de propina, objeto de investigação do Ministério Público. Ele isentou todos os vereadores da Casa e o Prefeito de qualquer tipo de envolvimento no caso ou de prática ilícita,  e expôs ao Plenário e aos munícipes presentes as cópias de documentos que está em seu poder e que, segundo ele, já foram apresentados à autoridade policial. Esses documentos são referentes ao processo em que ele atuou na defesa do Sr. Marcos Morato, em Santos (SP). Segundo o vereador, os documentos demonstram que a contratação ocorreu em época anterior à compra do prédio da nova sede. Ele afirmou sua inocência, assim como das demais pessoas mencionadas na denúncia, e defendeu a lisura dos seus atos enquanto profissional e parlamentar, manifestando estar de consciência tranqüila. Disse, ainda, estar seguro de que o recebimento dos valores pagos por seu cliente se deu de forma legítima e que isso está comprovado, tanto na contratação como na entrega da prestação dos seus serviços.



Da Assessoria de Imprensa do Vereador Izaque Goes, com adaptações do Diário de Itapoá.


Confira a gravação do pronunciamento do vereador Izaque Goes, na reunião do dia 10 de outubro de 2011 na Câmara Municipal de Itapoá, a partir da 1h22min20s do tempo de gravação:



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar