O assunto Efeitos Climáticos Extremos está entre os destaques que serão debatidos na reunião dos conselheiros regionais em Itapoá Imprimir E-mail
Política
Qua, 18 de Agosto de 2010 23:56

Os Efeitos Climáticos Extremos, as atividades realizadas pelo Núcleo Regional de Perícias em Joinville e o diagnóstico das agroindústrias familiares e pesca artesanal de Santa Catarina são alguns dos assuntos que serão apresentados nesta quinta-feira (19), durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR), em Itapoá. Esse encontro é aberto ao público e será realizado no Hotel Pérola, localizado na avenida Beira Mar III, número 1.076 – bairro Itapema do Norte.

O tema sobre Efeitos Climáticos Extremos será apresentado pelo chefe do Centro de Informação de Recursos Ambientais de Santa Catarina (Ciram/Epagri), Dr. Sergio Luiz Zampieri. Ele vai comentar sobre o aquecimento global e as constantes catástrofes naturais que estão ocorrendo, como terremotos, furacões e a oscilação nas temperaturas.

Já o tema referente ao Diagnóstico Estadual das Agroindústrias Familiares e Pesca Artesanal vai ser ministrado pela responsável Regional do Programa de Gestão de Negócios e Mercado da Epagri, Ana Lúcia Ribeiro. Na ocasião, ela mostrará o levantamento produzido para conhecer ainda mais o cenário do campo e da pesca catarinense, enfocando a região Norte.

O perito criminal do Núcleo Regional de Perícias em Joinville, Tulio Leal Correa, apresentará as atividades realizadas pelo órgão na região Norte catarinense. Atualmente, o Núcleo possui peritos criminais, peritos médicos legistas, auxiliares criminalísticos e, ainda, auxiliares médico-legais.

O Núcleo Regional de Perícias, que abrange 20 municípios, traz agilidade aos exames requisitados pelas Autoridades Judiciárias e Policiais, fazendo com que os exames sejam atendidos em um curto período, na própria região, e resultando em benefícios imediatos à população, bem como diminuindo o tempo de resposta de determinado exame.

Presidido pelo secretário de Estado de Desenvolvimento – Joinville, Manoel Mendonça, o encontro contará com a presença de prefeitos, presidentes das Câmaras de Vereadores e representantes da sociedade civil dos municípios de Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Garuva, Itapoá, Joinville, São Francisco do Sul e São João do Itaperiú.

Os integrantes do Conselho elaboram, discutem e decidem com o Governo do Estado os investimentos que signifiquem melhorias em educação, saúde, obras, infra-estrutura, segurança, turismo, agricultura e esporte, de acordo com as necessidades locais e regionais. Cada município possui quatro representantes e as reuniões acontecem mensalmente num dos oito municípios integrantes da SDR-Joinville.

Às 17 horas, logo após a reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional, acontece a inauguração da Indústria de Processamento de Palmáceas Lehman. Localizada na Reserva Volta Velha, (próximo ao Hotel Pérola), em Itapoá, a indústria é considerada modelo em SC por possuir modernos equipamentos na produção de conserva de palmito.

O Governo do Estado, por meio da Epagri, oferece assistência técnica aos produtores de palmito e, nesse caso específico, desenvolveu todo o projeto de funcionamento da Indústria Lehman. A estimativa dos proprietários é produzir 95 mil vidros por mês e a grande parte da produção deve encaminhada para o mercado de alimentos da região Sudeste do Brasil.

Informações da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Regional) de Joinville.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar