Execução da Lei Maria da Penha e atropelamento são os últimos destaques policiais de Itapoá Imprimir E-mail
Policial
Seg, 12 de Abril de 2010 18:03

Por volta de 01h30min da manhã desse domingo (11), na Rua Francisco Quintino Correa, a Polícia Militar de Itapoá registrou uma agressão contra mulher.

Tratou-se de vias de fato entre marido e mulher, em que a PM estava em rondas no bairro Samambaial, quando se deparou com uma aglomeração em uma esquina. Em meio a situação, uma mulher pedia socorro, pois seu marido estava a agredindo. O agressor, de 21 anos, foi conduzido, junto à sua esposa e vítima, de 26, à Delegacia de Polícia Civil do Município, para a tomada das devidas providências. Ele foi preso em flagrante pela Lei nº. 11.340, artigo 226, Lei Maria da Penha.

Ainda no domingo (11), por volta das 04h20min da manhã, um atropelamento foi ocasionado por condutor sob efeito de álcool. Uma caminhonete modelo F-250, de São José dos Pinhais, que trafegava pela Avenida Beira Mar, próximo ao Salão da Tia Cida, atropelou um rapaz de 20 anos e, em seguida, evadiu-se do local, sem prestar socorro à vítima. O rapaz atropelado sofreu lesão grave e foi encaminhado ao Hospital São José, em Joinville. Por volta das 07h30min do domingo, a caminhonete F-250 foi localizada, juntamente com seu condutor, um homem de 29 anos, o qual confessou ser autor do atropelamento. Ele disse que se evadiu do local, temendo ser linchado por populares e amigos da vítima. Realizado o teste de bafômetro no condutor, foi constatada embriaguez. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao mesmo, por dirigir sob efeito de álcool e por se envolver em acidente de trânsito, fugindo do local sem prestar socorro à vítima. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis. O veículo e a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) do agente foram apreendidos.

Já na madrugada desta segunda-feira (12), à 00h30min, na Avenida Don Henrique Segundo, na Barra do Saí, a Polícia Militar de Itapoá deparou-se com um veículo Tempra, transitando em zig-zag. Após abordagem, constatou-se que a condutora do veículo, de 50 anos, estava sob efeito alcoólico, fato confirmado pelo bafômetro. Tendo em vista os fatos, a condutora recebeu voz de prisão e foi conduzida à Delegacia, para providências cabíveis. O veículo e a CNH da condutora foram apreendidos.

As informações são da Polícia Militar de Itapoá.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar