Polícia Militar divulga relatório da Operação Veraneio Imprimir E-mail
Policial
Qua, 24 de Março de 2010 22:09

No período de 18 de dezembro de 2009 a 09 de Março de 2010, a Polícia Militar de Itapoá esteve envolvida em uma Operação realizada anualmente em todo o Estado de Santa Catarina pela Polícia Militar, qual seja, a Operação Veraneio.


Nesta Operação, o efetivo de Itapoá teve um acréscimo diário médio de 35 (trinta e cinco) policiais militares durante a alta temporada, e de 25 (vinte e cinco) policiais no restante do período até 09 de março, sendo que tal reforço no policiamento foi deslocado do vizinho Município de Joinville.

 

Transitaram diariamente no Município, além das guarnições já lotadas em Itapoá, outras 04 (quatro) guarnições de viatura, além de 02 (duas) motos, 01 (uma) viatura de Operações e 02 (dois) policiais cavalarianos.

 

Devido a constatação das mais diversas práticas de crime, tais como Furtos, Tráfico de Drogas, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Lesões Corporais, Embriaguês ao Volante, dentre outros, foram efetuadas um total de 50 (cinqüenta) prisões em flagrante, sendo conduzidas 63 (sessenta e três) pessoas presas.

 

Destaque para a prisão pela prática de furtos a residência de indivíduos como Bento Silva de Souza Júnior, o “Bentinho”, Diego Marcel Veiga, o “Paquito”, Tiago Oliveira Xavier, o “Saúde”, Diogo Henrique Bueno, o “Merenda”, Jonathan Roberto Santos Matos, Henrick Vieira, dentre outros e por furtos a estabelecimento comercial, como Claudinei Alves Feitosa, dentre outros. Presos por crime de tráfico de drogas, como foi o caso de João da Silva, o “Jango” do Bairro Samambaial. Preso por porte ilegal de armas, como foi o caso de Valmir Vagner de Melo, que foi abordado em barreira policial e preso portando uma pistola carregada em seu veículo e Luis Fernando Sartor, que ameaçou sua cunhada com um Revólver calibre 38 e foi preso na Barra do Saí tendo a arma apreendida. Todos os indivíduos citados, maiores de idade, não sendo citados aí os presos com menos de 18 anos completos que foram muitos também apreendidos em flagrante.

 

Salienta-se também o combate constante contra a prática ilegal do Jogo do Bicho, que culminou com a quebra de duas Bancas que funcionavam no Município, jogo este, aliás, que apesar de muitas pessoas imaginarem ser um crime inocente, rendia mais de 30 mil reais de lucro mensal em Itapoá, e é responsável por financiar a corrupção em nosso país.

 

Além da atuação na área criminal, conforme supracitado, a Polícia Militar de Itapoá, atuou fortemente também, na área de trânsito do Município, sendo que daí resultou números como 25 veículos que foram autuados e removidos por praticarem perturbação do sossego alheio pelo uso de som em alto volume, 121 veículos autuados e removidos por não estarem licenciados, 48 veículos autuados devido ao fato de o condutor não possuir CNH, 40 veículos autuados devido à condução de pessoas em compartimento de carga, dentre outros.

 

Os destaques negativos ficaram por conta das ocorrências de perturbação do trabalho e do sossego alheio, vias de fato e furtos a residência que ocorreram em maior número e dos quatro homicídios, estes, aliás, ocorridos em situações difíceis de se prever ou prevenir.

 

Por outro lado, ocorrências de assalto houve um total de 04 casos, e todos sem expressão, sendo que em um deles, por exemplo, foi roubado R$ 100,00 (cem reais), em outro foi levado R$ 50,00 (cinqüenta reais), uma câmera digital e 12 latas de cerveja. Assalto de grande valor não houve nenhum.

 

Salienta-se por fim, que no total a Polícia Militar de Itapoá atendeu durante o verão um número de 493 ocorrências nas quais houve empenho de viaturas e preenchimento de Boletins e/ou Relatórios, além de ter realizado uma média de 02 Operações de Barreira Policial por dia.

 

Informações do 2º Tenente PM Mário Elias, Comandante da Polícia Militar de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar