Suposto Pastor suspeito de pedofilia continua foragido e mais duas vítimas denunciam criminoso Imprimir E-mail
Policial
Ter, 09 de Março de 2010 08:58

Conforme matéria publicada no dia 04 de março, um caso de pedofilia foi registrado em Itapoá. Nessa segunda-feira (08), mais duas vítimas denunciaram o suspeito de pedofilia no Município. O aposentado conhecido como Pastor João Francisco, que está foragido, apresentava-se como pastor para se aproximar das vítimas.


O delegado de Itapoá, Rodrigo Carriço Lemes, confirmou na segunda-feira que mais dois pais de duas meninas denunciaram, no final de semana, um homem por suspeita de pedofilia. Assim como a primeira vítima, elas têm entre 9 e 11 anos e teriam sido violentadas.

Na semana passada, a mãe de uma menina de 11 anos registrou boletim de ocorrência contra o homem, que está foragido e tem prisão decretada. Ele se apresentava como pastor para ganhar a confiança dos pais e se aproximar das vítimas.

 

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar