Homem é preso em flagrante ao danificar patrimônio público Imprimir E-mail
Policial
Qua, 08 de Junho de 2016 18:32

Policiais divulgaram imagem de um homem jogando pedras na Câmera de Monitoramento do Projeto Bem-Te-Vi, localizada na Av. Celso Ramos com a Rua nº 630. O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a DP, para os procedimentos cabíveis. Conforme o vídeo da Polícia Militar, a ação criminosa ocorreu na noite dessa terça-feira (07/06).


O Código Penal Brasileiro define o crime de dano am patrimônio público no caput do art. 163: “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, prevendo pena de detenção, de um a seis meses, ou multa”.

No caso de “dano qualificado”, cuja pena é de detenção de seis meses a três anos e multa, estão elencadas nos quatro incisos do parágrafo único do citado dispositivo. Sendo que o inciso III prevê a qualificadora quando o crime for cometido: “contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista”.

Ou seja, destruir o patrimônio público, além de feio e imoral, é crime. Podendo o infrator ser multado ou até mesmo preso.

Pelas imagens, nota-se um estado alterado do homem. Nota-se recorrentes tentativas de lançar pedras contra o equipamento de segurança.

A população pode ajudar a PM de Itapoá através de denúncias e de informações que possam ajudar na identificação de suspeitos e de atividades criminosas, através da Central 190. A denúncia poderá ser anônima.

Do Diário de Itapoá, com imagens e vídeo da Polícia Militar de Itapoá.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar