PM de Itapoá realiza barreira policial, abordagem em estabelecimentos comerciais e apreensão em veículo com som alto Imprimir E-mail
Policial
Dom, 06 de Dezembro de 2015 09:19

Noite de sábado (05/12) movimentada para a Polícia Militar de Itapoá. No início da noite a PM realizou uma operação de barreira policial, que resultou em 4 veículos recolhidos. O principal objetivo da barreira é a identificação de foragidos, além de suspeitos que estejam circulando com armas, drogas ou outros materiais ilegais. Veículos irregulares também podem receber multa e serem apreendidos.


Na mesma noite, a PM realizou uma operação conjunta com o Poder Judiciário e Conselho Tutelar. Foram realizadas diversas abordagens nos estabelecimentos com maiores movimento de pessoas em Itapoá, como boate Play, bailão da Tia Cida, entre outros estabelecimentos comercias. A ação é de orientações/advertência quanto à venda de bebidas alcoólicas para menores e a permanência de menores nesses locais.


Por fim, a PM realizou uma operação para combater o som alto na Av. Beira Mar III. Diversos munícipes questionam o som alto no local, a perturbação do trabalho e sossego alheio. A operação resultou na lavratura de 4 termo circunstanciados para 4 homens que estavam com som alto em seus veículos na Av. Beira Mar 3. Um veículo foi apreendido, inclusive os equipamentos e a caixas de som.


Inovação Tecnológica: A Polícia militar de Itapoá começa a utilizar o PMSC MOBILE

Para  atendimento de Ocorrências, os Policiais agora contam com um tablet com acesso à internet e uma impressora portátil instalados na viatura,  para lavratura dos boletins de ocorrência, infrações de trânsito, entre outros documentos. A digitalização dos dados coletados pela guarnição PM podem até ser digitados por voz, tornando a lavratura do BO mais ágil, difícil de errar e com redução no tempo do atendimento da ocorrência. Ao final, os policiais podem imprimir e coletar a assinatura pelos envolvidos e a guarnição.

Conforme o Comandante da PM de Itapoá Tenente Ademir Schenekember, “Num primeiro momento pensamos que esta inovação não serviria para Itapoá, local de difícil acesso com a internet móvel, entretanto o aplicativo possui um banco de dados próprio, possibilitando lavrar documentos mesmo estando off-line. As consultas policiais, busca de nomes, placas de veículos, são realizadas pelas guarnições nas ruas, em locais que, muita vezes, nem a própria rádio da PM funciona, constatando as alterações existentes. Então, quando acessamos a internet móvel pela operadora vivo, fornecida pelo Estado, ou Wi-Fi, então o sistema realiza a atualização do banco de dados. Dessa forma, o aplicativo oferece vários recursos que tornam mais rápido e eficaz o atendimento realizado pela Polícia Militar, beneficiando a Comunidade.”, finaliza o Comandante.


Informações e fotos da Polícia Militar de Itapoá, com adaptações do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar