Polícia Civil de Itapoá desvenda autoria de crime de homicídio qualificado e estupro de vulnerável em menos de 24 horas Imprimir E-mail
Policial
Qui, 08 de Maio de 2014 23:30

Marcos de Figueiredo e David Willian Garcia de OliveiraOs policiais da Delegacia de Itapoá prendem os dois autores do delito. Na madrugada desse domingo (04), por volta das 02h30, os conduzidos Marcos de Figueiredo e David Willian Garcia de Oliveira mataram a vítima João Maria Ribeiro a tijoladas e chutes na cabeça, devido a um desentendimento de Bar , porque a vítima teria tomado um copo de cachaça dos conduzidos sem autorização. Além das mencionadas agressões, os conduzidos estupraram a vítima, com pedaços de madeira, tendo enfiado paus de madeira no ânus da vítima, ainda em vida. Logo após recebermos informações do crime, o escrivão e o Delegado titular da delegacia saíram em diligências com o fim de identificar os autores do crime, logrando êxito em identificá-los e prendê-los.


Na Delegacia, após horas de entrevistas e interrogatório, ambos os conduzidos confessaram a autoria do crime, de forma minuciosa. Após a lavratura de Auto de Prisão em Flagrante Delito face os conduzidos, pelos crimes previstos nos art. 121, §2°, incisos II e III e art. 217- A, § 1°, ambos do Código Penal, os conduzidos foram encaminhados para o Presídio Regional de Joinville, local onde ficarão presos à disposição da Justiça.


Fonte e fotos da Polícia Civil de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar