Ato obsceno está entre os destaques policiais do Natal Imprimir E-mail
Policial
Qua, 25 de Dezembro de 2013 22:56

Por volta das 13h20min dessa terça-feira (24), foi recuperado um automóvel que estava registrado como sendo de apropriação indébita. A Central 190 da Polícia Militar de Itapoá recebeu a denúncia anônima de que um veículo Fiat Fiorino, com placas de Curitiba (PR), estaria abandonado próximo à Estrada Cornelsen, em uma via lateral, na Barra do Saí. Ao chegar no local, os policiais realizaram buscas e encontraram o veículo em um terreno baldio, com os pneus furados e a frente batida em uma árvore. Checando junto ao sistema, constatou que o veículo estava com o registro de apropriação indébita feito em delegacia de Polícia Civil de Curitiba (PR). Diante dos fatos, o veículo foi rebocado até a Delegacia de Polícia Civil para a tomada das providências cabíveis.

Já nessa quarta-feira (25), por volta das 00h50min, uma ocorrência de violência doméstica foi registrada na Rua 1530. Um homem de 30 anos havia agredido uma mulher de 21. A vítima relatou que foi agredida por seu companheiro após uma discussão entre o casal. No local, foi conversado com ambas as partes, sendo que o homem concordou com a versão dada pela vítima. Ele, porém, alegou que também foi agredido, estando inclusive com marcas de arranhão no lado direito da face. Diante dos fatos, o autor recebeu voz de prisão e foi cientificado dos seus direitos constitucionais. Após, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Itapoá, para os procedimentos cabíveis. A vítima manifestou sua vontade em representar contra o autor e também foi conduzida para os devidos procedimentos.

Um pouco mais tarde, por volta das 01h55min, na rua Bento Francisco da Silva, uma ocorrência de ato obsceno foi registrada. Populares informaram a Central 190 da PM sobre dois homens e uma mulher que estavam nus, tirando fotos nas pedras. Os policiais se deslocaram até o local, onde visualizou os dois homens sem roupa e nus por completo, fazendo algazarras. Foi determinado que os mesmos vestissem suas roupas e, então, confeccionado um termo circunstanciado.


Do Diário de Itapoá, com informações da Polícia Militar de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar