Delegado e munícipe de Itapoá prendem assaltantes traficantes em flagrante Imprimir E-mail
Policial
Sex, 13 de Setembro de 2013 10:16

Casal de assaltantes e traficanes vieram de Londrina (PR) para praticar crimes em Itapoá (SC).Nessa quinta-feira, (12), o delegado de Polícia de Itapoá, Gilberto Crepaldi Mondini, com a ajuda de um munícipe, efetuou a prisão em flagrante do casal João Vitor Brunetti da Cruz, de 18 anos, e Lorrayne Alves Machado, de 19, por roubo agravado, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

O Delegado estava em sua residência no horário do almoço, momento em que a vítima tocou a campainha da casa, muito assustada. Ela dizia que um casal havia acabado de assaltá-la naquelas proximidades, razão pela qual o delegado, prontamente, atendeu à vítima e saiu no encalço dos assaltantes.

Como estava sozinho, e o caso necessitava de urgência na diligência, solicitou ajuda de um munícipe, amigo seu, o qual o acompanhou. Em seguida, eles avistaram o casal suspeito e,  utilizando toda a cautela possível para não por em risco o munícipe e demais pessoas que estavam pelo local, abordaram os suspeitos, sendo possível recuperar os objetos subtraídos da vítima instantes antes, bem como a arma utilizada na prática do crime e, ainda, uma pequena quantidade de droga (maconha). Diante disso, o casal foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil local.

Na unidade policial, com o auxílio de policiais civis, o delegado achou prudente vistoriar o local onde os flagranciados estavam hospedados em Itapoá, visto serem oriundos de Londrina (PR). Para a surpresa dos policiais, nesse local foi encontrada quantia significativa de droga (maconha) e apetrechos utilizados para o fracionamento dela, razão pela qual, além de serem presos pelo crime de roubo agravado, também foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Lorrayne Alves Machado possui passagens na polícia pelo crime de roubo e tinha saído da cadeia recentemente. Já João Vitor Brunetti da Cruz registra apenas antecedentes pelo crime de porte de entorpecente, quando ainda era menor de idade.

Com o término dos procedimentos de praxe, ambos serão encaminhados ao Presídio Regional de Joinville, local onde permanecerão à disposição da Justiça.


Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptações do Diário de Itapoá. Fotos: Polícia Civil de Itapoá.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar