Comunidade mobiliza-se em favor da segurança pública de Itapoá Imprimir E-mail
Policial
Qui, 18 de Abril de 2013 23:43

Comunidade unida pela segurança pública de ItapoáNa noite desta quinta-feira (18), nas dependências da Câmara Municipal de Itapoá, foi realizado um evento organizado pela Rádio Comunitária Itapoá – FM, em favor da segurança pública de Itapoá. O encontro foi conduzido pelo radialista Marcelinho Mardegan, e com a presença do Presidente da Associação Cultural e Comunitária de Itapoá, mantenedora da Rádio Comunitária Itapoá FM, Sr. Ramos Chaves; do comandante da Polícia Militar de Itapoá, Mario Elias; do delegado da Polícia Civil, Gilberto Mondini; do presidente da Câmara Itapoá, Osni Ocker, dos vereadores Márcia Soares, Carlito Custódio, Geraldo Weber, Jeferson Garcia e Daniel Weber, da presidente do Conselho de Segurança Pública de Itapoá (CONSEG), Daiana Correia da Silva; de representantes das associações de moradores da Barra do Sai, de Itapema do Norte, do Samambaial, do Cambijú, de Itapoá Centro, representantes das entidades Porto Itapoá, CDL, ACITA, Maçonaria, APREMAI, Papelaria Central, SICREDI, Rotary Clube Itapoá, Associação de Catadores e Carroceiros de Itapoá, Igreja Evangélica Salvação, Lar dos Idosos, Comunidade Assembleia de Deus, entre outras, e, principalmente da população e de vítimas de violências na cidade de Itapoá.

Os trabalhos iniciaram com a abertura realizada pelo presidente da Rádio Comunitária de Itapoá – FM Sr. Ramos Chaves. Ele comentou sobre a importância da mobilização da comunidade para buscar soluções em conjunto com as entidades, associações, e o Poder Legislativo, em favor da segurança pública de Itapoá.

O Delegado da Polícia Civil de Itapoá, Gilberto Mondini, relatou a falta de efetivo e de viaturas para Itapoá. Sobre a infraestrutura, ele comentou que este ano foram concluídas as obras de ampliação da Delegacia de Itapoá, através do apoio de comerciantes da Cidade, do Governo do Estado e do Porto Itapoá. “Acredito que temos uma estrutura adequada de atendimento, pelo menos para os próximos dois anos. Peço a ajuda da comunidade, no sentido de mobilizar o Governo para enviar mais efetivo para a cidade de Itapoá”, concluiu o Delegado.

O Tenente Mário Elias iniciou explanando sobre as dificuldades para se obter recursos materiais e de pessoal com o Governo do Estado. O Tenente usa o exemplo da iniciativa da diretora da Escola Estadual Nereu Ramos, Jane Scholze, em que para atender as necessidades de infraestrutura do local, buscou, em conjunto com a comunidade e empresas, viabilizar as obras emergenciais de reforma necessárias. Ele relata que foram registrados 6 homicídios em menos de 4 meses. Conforme levantamentos estatísticos, Itapoá estaria entre as cidades mais violentas do estado de Santa Catarina, com uma relação estimada de 40 homicídios para cada 100 mil habitantes. O Tenente questiona a forma como o Governo do Estado faz a distribuição do efetivo policial, pois conforme ele, o Estado distribui os policiais pela quantidade populacional de cada cidade. Dessa forma, se compararmos Garuva com Itapoá, ambas as cidades possuem uma população aproximadamente igual, porém Garuva possui aproximadamente 70 Km de vias urbanas, enquanto que Itapoá possui aproximadamente 700 Km. Outra questão diz respeito à quantidade de domicílios. Enquanto Garuva possui apenas 5 mil domicílios, Itapoá possui aproximadamente 15,6 mil domicílios. Outro exemplo levantado pelo Tenente, é que em Xanxerê, existem 44 mil habitantes, porém apenas 14,6 mil domicílios, 1 mil domicílios a menos que Itapoá. Lá em Xanxerê há 50 policiais militares, enquanto que em Itapoá há, apenas, 30. "O Governo vê apenas a população, mas não leva em conta a quantidade de domicílios e a extensão da rede viária para a distribuição de efetivo.", finaliza Mario Elias.

Em seguida, a Presidente do Conselho de Segurança Pública de Itapoá, Dayana Karina Correia da Silva, relatou sobre a reativação do CONSEG e o papel de intermediário entre Governo e a sociedade, realizado pelo Conselho. Ela, ainda, parabenizou a mobilização promovida pela Rádio Comunitária, dada a necessidade urgente de maior segurança pública para Itapoá.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Osni Ocker, parabenizou a iniciativa e destacou a importância da mobilização da comunidade. “Moro há 26 anos em Itapoá e sempre esperamos a segurança para vivermos com tranquilidade. Sabemos que a nossa cidade está tendo um forte crescimento nos últimos anos e que a segurança pública carece de mais efetivo. Gostaria de destacar minha admiração pela união da Polícia Civil e Militar do Município. Já vivi em muitas cidades, e destaco que nunca vi tamanha parceria das polícias como aqui. Quero parabenizar e elogiar o bom trabalho executado em Itapoá. Precisamos de mais recursos e efetivo policial, através do Governo do Estado de Santa Catarina. Gostaria de destacar que esta reunião está sendo gravada por esta Casa de Leis, e que daremos publicidade para este importantíssimo evento em favor da segurança pública de Itapoá. Nunca tivemos tantos acidentes, tantos roubos e tantos assaltos aqui. A polícia faz um brilhante trabalho, mas infelizmente muitas pessoas preferem ir pelos caminhos “mais fáceis” da criminalidade, através do roubo, furtos e malandragem. Por fim, quero agradecer aos vereadores presentes e dizer ao Sr. Ramos que esta Casa de Leis sempre estará à disposição para promover este movimento pela segurança pública de Itapoá”, finaliza Osni Ocker.

A Vereadora Márcia Soares destacou a necessidade de maior efetivo policial para Itapoá e a importância do investimento em educação, como melhor forma preventiva para o combate à criminalidade. Ela viabilizou uma reunião do Conselho do Mopvimento pela Segurança Pública com o secretário de segurança pública de Santa Catarina, através da assessoria do Deputado Estadual Nilson Gonçalves. Por fim, Márcia destacou a brilhante iniciativa e a necessidade de união de todos para reivindicar mais segurança para Itapoá junto ao Governo de Santa Catarina.

O Vereador Geraldo Weber parabenizou os trabalhos do movimento da Rádio Comunitária, e comentou sobre uma situação preocupante, em que alguns moradores acabam colaborando com a criminalidade, através da infração penal de receptação de produtos roubados. Conforme o vereador, além do crime, isso acaba incentivando novos furtos e roubos.

O Vereador Jeferson Garcia comentou sobre a necessidade de um movimento suprapartidário pela segurança pública de Itapoá.

O Vereador Carlito Custódio parabenizou o movimento por mais segurança pública para Itapoá e relatou que desde o início dos trabalhos da Mesa Diretora da Câmara, já foram realizadas reuniões com a Polícia Civil e Polícia Militar de Itapoá, para verificar os principais desafios desses órgãos.

O Vereador Daniel Weber falou sobre a importância da família e da comunidade. Também comentou sobre as inúmeras reivindicações por mais segurança pública para Itapoá já realizadas pelo Poder Legislativo de Itapoá nas gestões anteriores.

Também participou do evento, um representante do Porto Itapoá, Sr. José Aurélio - Supervisor de Segurança Portuária. José relatou que o Município está crescendo em uma velocidade muito acelerada e que o Governo muitas vezes não tem condições de acompanhar este ritmo para atender todas as novas demandas relacionadas à segurança pública em Itapoá. “O Porto Itapoá está ciente dessa necessidade, e destacamos que estamos providenciando medidas para contribuir com a melhoria da segurança pública de Itapoá. Já fizemos contato com o Coronel Norberto, do Comando da Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina, no sentido de viabilizar um novo posto policial rodoviário na SC-415.”. José também comentou sobre o oferecimento pelo Porto Itapoá de um container-escritório para atender este novo posto da Polícia Rodoviária Estadual em Itapoá, que poderá ser alocado nas margens da SC-415. Por fim, José destacou os contatos com o Coronel Rodrigues – Comandante da 5ª Região Militar – no sentido de viabilizar mais efetivo policial para Itapoá.

Diversas vítimas também deram seus relatos, sobre os atentados que sofreram na cidade de Itapoá. Dona Vera Lúcia, por exemplo, relatou como foi que aconteceu o ato violento contra seu filho, em que um marginal apontou uma arma para a cabeça dele e o ameaçou de morte para conseguir roubar o seu carro. Dona Vera pede união de toda a comunidade para melhorar a segurança pública do Município.

O representante da CDL, Sr. Peres, lembrou do compromisso dos políticos em ir atrás de soluções para melhorar a segurança pública de Itapoá, com firmeza e com vontade para resolver essa grave questão.

Por fim, foi formada uma comissão em parceria com o CONSEG, Rádio Comunitária, Porto Itapoá, Associações de Bairros, entidades e população presentes na reunião. Em seguida, a Vereadora Márcia e o Vereador Jeferson, em um movimento suprapartidário, se comprometeram em viabilizar uma reunião da Comitiva de Itapoá com o Secretário de Segurança Pública de Santa Catarina para a próxima semana, com o objetivo de tratar sobre a necessidade de maiores investimentos na segurança pública de Itapoá.


Gravação da Reunião: Clique aqui para fazer o download.


Do Diário de Itapoá.


Última atualização em Qua, 24 de Abril de 2013 21:58
 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar