Polícias Civil e Militar esclarecem assaltos e prendem seis pessoas Imprimir E-mail
Policial
Seg, 08 de Abril de 2013 11:33

Uma operação conjunta da Polícia Civil e Militar de Itapoá, realizada na manhã desse sábado (06), resultou na detenção de seis pessoas que estavam, direta ou indiretamente, envolvidas com os últimos assaltos ocorridos na cidade.

Após várias semanas de intensas investigações, a Polícia Civil, com a colaboração da Polícia Militar de Itapoá, conseguiu reunir provas contundentes de pessoas que estavam envolvidas nos últimos assaltos, razão pela qual o delegado Gilberto Crepaldi Mondini, representou perante o Poder Judiciário local, pela expedição de mandados de prisão, mandados de busca e apreensão de adolescentes e mandados de busca e apreensão em residências.

Na madrugada de sábado, vários policiais se reuniram na Delegacia de Polícia Civil e, após traçarem as estratégias, foi dado início à operação, coroada com êxito. No total, foram seis residências vistoriadas, seis pessoas detidas, uma arma de fogo apreendida e vários objetos roubados recuperados.  Luciano Gonçalves Sant´Ana Ribeiro de 18 anos e um adolescente de 16 ficaram presos, visto terem mandados expedidos contra eles, por participação direta nos crimes. No momento da prisão do adolescente, ele portava uma arma de fogo, que foi utilizada nos roubos, bem como objetos roubados.  Bárbara Mirella Garcia de Oliveira, de 18 anos, foi presa em flagrante pelo crime de receptação, por estar portando objeto roubado, porém pagou fiança e foi liberada. Um casal de adolescentes, sendo um de 16 anos e o outro de 17 anos foi detido por receptação de objetos roubados e posse ilegal de munição, mas pelo fato de serem menores de idade, foram liberados para seus responsáveis.  E um homem de 19 anos foi autuado por receptação culposa, visto possuir objetos que não soube informar a procedência, porém assinou um termo de compromisso de comparecer perante a Justiça e foi liberado.

Com a operação policial, foi possível esclarecer três assaltos ocorridos na cidade, dois no bairro Cambijú e um no Centro da cidade, ou seja, os assaltos que foram praticados com os maiores requintes de crueldade contra as vítimas, as quais foram agredidas, amordaçadas, ameaçadas, humilhadas e, em um dos casos, houve a prática de atos libidinosos contra uma das vítimas.

No decorrer da semana, o Delegado pretende concluir os procedimentos, individualizar a conduta de cada um dos envolvidos e não descarta mais prisões, visto que há assaltantes que ainda não foram presos, mas já estão sendo investigados.

Novamente, as polícias vêm pedir a colaboração da população, para que em qualquer situação anormal liguem para o 190, visto que em dois assaltos, vizinhos viram os assaltantes, mas preferiram se proteger, adentrando em suas residências ao invés de solicitar a Polícia no local e tentar evitar a prática de um crime.

O Delegado Gilberto vem a público parabenizar a todos os policiais civis e militares que não mediram esforços para o esclarecimento desses crimes, que mesmo trabalhando além do normal, por falta de efetivo em ambas as corporações, abdicaram de suas folgas, do convívio de suas famílias, do aconchego de seus lares, para ficarem durante várias noites e  madrugadas em diligências, tudo com o intuito de prender esses assaltantes e proporcionar à população de Itapoá a volta da tranquilidade, que sempre imperou nesta cidade.

Em tempo, o Diário de Itapoá, em nome da comunidade, agradece ao esforço dos policiais e parabeniza o êxito na operação, colocando-se à disposição das polícias e da comunidade itapoaense em prol da segurança pública do Município.


Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptações do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar