Polícia Civil esclarece “sequestro” com disparo de arma de fogo Imprimir E-mail
Policial
Seg, 25 de Março de 2013 16:36

Thiago Silva Kirchhoff.Na manhã dessa quinta-feira (21), a Polícia Civil de Itapoá conseguiu esclarecer o crime de roubo qualificado por “sequestro relâmpago”, ocorrido no último dia 07 de março, crime no qual a vítima teve sua liberdade restringida por várias horas, tempo durante o qual foi torturada com diversos choques elétricos, e ferida por disparo de arma de fogo na perna momentos antes de ser abandonada em um matagal na cidade de Blumenau/SC.

Após tomar ciência dos fatos, policiais civis de Itapoá iniciaram as investigações para tentar identificar o autor do delito e recuperar o veículo da vítima, que havia sido roubado. Várias diligências foram feitas nas cidades de Itapoá, Garuva, Joinville e Blumenau, localidades que foram percorridas pelo meliante enquanto manteve a vítima como refém.

No dia 14 de março, ocorreu um homicídio na cidade de Itapoá, vitimando o ex-presidiário e morador de Joinville, Thiago Silva Kirchhoff, de 22 anos, indivíduo que já estava sendo procurado pelos policiais de Itapoá, como sendo um dos suspeitos da prática do roubo ora investigado. Suspeitas que acabaram se confirmando, haja visto que Thiago foi reconhecido pela vítima como sendo o indivíduo que lhe torturou durante toda a viagem e que, posteriormente, efetuou o disparo de arma de fogo em sua perna. Ademais, para corroborar a autoria do fato, Thiago, ao ser assassinado, portava o aparelho celular que havia roubado da vítima dias antes.

Apesar da Polícia Civil não conseguir prender esse indivíduo antes de sua morte, os policiais ficaram muito satisfeitos pelo esclarecimento do crime que causou grande comoção na comunidade local, visto a vítima ser um religioso (pastor) e porque estão sendo identificadas as pessoas e suas origens, visto que Itapoá ainda não conta com esse tipo de criminoso.

As investigações não se findaram, visto que o homicídio de Tiago ainda não foi esclarecido e existe a possibilidade de terceiros terem participação no crime de roubo.


Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptação do Diário de Itapoá. Foto cedida pela Polícia Civil de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar