Filha encontra pai (que estava a caminho de Itapoá) morto às margens da BR-101, em Garuva Imprimir E-mail
Policial
Seg, 19 de Novembro de 2012 13:54

Um caminhoneiro foi encontrado morto na tarde do último dia 15 de novembro, às margens da BR-101, em Garuva, norte de Santa Catarina. De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Joinville, Osni Santiago, de 59 anos, foi asfixiado e, em seguida, atingido por um tiro no rosto.

O caso será investigado pela Polícia Civil e a suspeita é de que se trata de latrocínio, ou seja, assalto seguido de homicídio. O corpo foi encontrado pela filha e pelo genro da vítima, numa trilha, no meio do mato, próximo ao local onde o caminhão estava abandonado.

— Minha prima estava indo encontrar com ele na casa da família em Itapoá, quando viu o caminhão parado no acostamento e achou que o pai estava enfrentando algum problema mecânico. Mas, quando se aproximou, viu que o caminhão estava vazio. Eles seguiram pela trilha e logo viram o corpo —, conta a sobrinha de Osni, Joice Moreira.

Osni era aposentado, mas trabalhava com mudanças e fretes. Naquele dia, estava com o caminhão vazio. Ele morava em Joinville e tinha uma casa em Itapoá. No feriado, seguia para a casa de praia da família.

O corpo de Osni, que deixa mulher e três filhos, foi velado no Boa Vista e o enterro, realizado nesse sábado (17), no Cemitério São Sebastião, em Joinville.

Do site do Jornal A Notícia, com adaptações do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar