Polícia Civil esclarece roubo e prende preventivamente Imprimir E-mail
Policial
Qua, 31 de Outubro de 2012 13:10

Rafael Cercal de Magalhães.No último dia 22 de outubro, foi expedida e cumprida a prisão preventiva de Rafael Cercal de Magalhães, 27 anos, o qual é acusado da prática do crime de roubo na cidade de Itapoá.

Após dois meses de investigações, a Polícia Civil do Município, com auxílio da Polícia Militar, conseguiu reunir provas robustas de que a pessoa de Rafael Cercal de Magalhães praticou o crime de roubo na obra da futura Câmara dos Vereadores de Itapoá.

No último dia 27 de julho, o responsável pela construção se dirigiu até o local para fazer o pagamento dos seus funcionários e, nesse momento, todos foram rendidos, mediante ameaças de morte proferidas por Rafael. O assaltante portava uma arma de fogo e todos os funcionários foram obrigados a entregar o dinheiro do pagamento, bem como alguns pertences pessoais. Para fugir do local, Rafael ainda roubou uma motocicleta de uma das vítimas, objeto que logo foi recuperado pela Polícia.

Depois de colher inúmeros depoimentos, de promover o reconhecimento fotográfico com várias pessoas, além de angariar outros meios de provas, o Delegado de Polícia, Gilberto Crepaldi Mondini, optou por representar pela prisão preventiva de Rafael, a qual foi expedida e cumprida.

Rafael é indivíduo de alta periculosidade, está preso no Presídio Regional de Joinville por tráfico de drogas, mas estava foragido da Penitenciária de Palhoça, local onde estava cumprindo pena pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio, roubos e  tráfico de drogas. Rafael ainda está sendo investigado pela polícia de Itapoá/SC por ser suspeito da prática de outros roubos na Cidade.

Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptação do Diário de Itapoá. Foto cedida pela Polícia Civil.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar