Polícia Civil prende dupla de fraudadores Imprimir E-mail
Policial
Qui, 27 de Setembro de 2012 11:40

Daniel Galvão foi preso juntamente com sua mãe, Maria de Lourdes Galvão.Na manhã dessa terça-feira (25), Policiais Civis de Itapoá conseguiram prender em flagrante delito, por uso de documento falso, Maria de Lourdes Galvão, de 56 anos, e seu filho Daniel Galvão, de 32. Ambos tentavam obter carteiras de identidades falsas em Itapoá para, posteriormente, pleitear junto ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) benefícios fraudulentos.

Após informações de que pessoas oriundas do estado do Paraná estavam vindo para Itapoá com o intuito de solicitarem carteiras de identidades falsas, os policiais iniciaram as investigações. Com elas, foi possível angariar  provas materiais e testemunhais de que, realmente, a fraude ocorria. Por essa razão, foi solicitada a ajuda de alguns colaboradores e, na manhã dessa terça-feira, foi possível prender em flagrante a dupla, que para a surpresa dos policiais são mãe e filho. No interrogatório do filho, ele imputou todas as fraudes e falsificações à mãe. Já no interrogatório da mãe, diante das provas apresentadas pela investigação, ela optou por confessar os crimes e disse que seu filho lhe ajudava nas fraudes. Além disso, ela assumiu que possui mais dois nomes com documentos falsos, com os quais, também de forma fraudulenta, já conseguiu junto ao INSS benefícios.

Diante dos fatos, os dois foram autuados em flagrante delito e recolhidos no Presídio Regional de Joinville. Também foi feita a comunicação ao INSS, para os cancelamentos dos benefícios fraudulentos e a devida apuração administrativa e criminal dos fatos.

Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptações do Diário de Itapoá. Fotos cedidas pela Polícia Civil.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar