Polícia Civil prende homicida ligado à facção criminosa Imprimir E-mail
Policial
Seg, 26 de Março de 2012 15:42

Na tarde desse domingo (25), a Polícia Civil de Itapoá prendeu, por força do mandado de prisão preventiva, O.P.N. de 46 anos, acusado de ter auxiliado em duas tentativas de homicídio e em um homicídio, todos eles ocorridos no final do mês de fevereiro, no bairro Barra do Sai, em Itapoá/SC.


Desde a prática dos crimes, a Polícia Civil está investigando incansavelmente esses acontecimentos, visto a gravidade dos fatos e a forma brutal com que eles ocorreram. Os três delitos já foram devidamente esclarecidos pelos policiais civis e a arma do crime apreendida. Até agora, a polícia tinha apenas um menor apreendido, o qual confessou ser o autor dos disparos.


Com a apreensão do menor, no início deste mês de março, através de uma operação conjunta entre as polícias civil e militar, foi possível esclarecer por completo os crimes, razão pela qual o delegado Gilberto Crepaldi Mondini representou, perante o Poder Judiciário local, pela expedição do mandado de prisão preventiva dos outros autores. Na tarde de domingo, policiais civis conseguiram localizar e prender O.P.N.


O acusado O.P.N. já esteve preso por aproximadamente doze anos no estado do Paraná, por homicídio, roubo e furto. Testemunhas dizem que além de andar armado pelo bairro Barra do Saí, ele aterrorizava as pessoas, dizendo que era membro de uma facção criminosa que age no Estado, e que ninguém mexia com ele. Porém, não foi isso que aconteceu. Ele foi preso e será encaminhado ao Presídio Regional de Joinville, onde responderá os processos encarcerado.


Da Polícia Civil de Itapoá, com adaptações do Diário de Itapoá.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar