Fim de semana começa violento em Itapoá Imprimir E-mail
Policial
Sáb, 11 de Setembro de 2010 16:15

Entre às 22 horas de sexta-feira e manhã de sábado, houve um homicídio e dois assaltos à mão armada.

Fim de semana violento em Itapoá, no litoral Norte do Estado. Entre às 22 horas de sexta-feira e manhã de sábado, houve um homicídio e dois assaltos à mão armada.

Conforme informações da Polícia Civil, o assassinato aconteceu na madrugada. Saimon Lucas Gonçalves de Lima, 25 anos, foi morto com um tiro na cabeça. O corpo foi encontrado na manhã deste sábado, às 6 horas, na rua cataratas, a poucos metros da residência da vítima, no bairro Cambiju.

— Uma análise preliminar apontou que a morte deve ter acontecido entre às três ou quatro horas e o corpo já foi encaminhado à perícia no Instituto Médico Legal, em Joinville —, diz o delegado de Itapoá, Fábio Fortes.

A esposa de Saimon, Daiana Cristina Dozniak, relatou à polícia que o marido era usuário de drogas e recentemente teve uma recaída. Segundo ela, ele saiu de casa na sexta-feira de manhã e não retornou, e no sábado pela manhã, ela recebeu a notícia de que o marido havia sido executado com um tiro na cabeça. 

— Tudo indica que foi algum acerto de contas, relacionado às drogas —, afirma o delegado.

Até às 12 horas de sábado, a polícia ainda não tinha pistas sobre o autor do disparo.

DOIS ASSALTOS EM TRÊS HORAS

A polícia de Itapoá também procura por suspeitos de envolvimento em dois assaltos à residência. Um deles aparentava ter cerca de 35 anos, trajava uma jaqueta preta e calça verde.

Ele estava encapuzado e armado com um revólver quando invadiu uma casa, no bairro Samambaial, por volta das 23h horas, e rendeu a dona da casa. Levou um celular, um relógio, R$ 143,00, documentos pessoais e cartões de crédito da vítima.

Cerca de duas horas depois, outra residência foi assaltada, desta vez no bairro Pontal. Três assaltantes participaram da ação e um deles estava armado com o revólver  calibre 38.

Dois bandidos bateram na porta da residência e renderam a mulher que atendeu a porta. O marido dela entrou em luta corporal com os bandidos, foi atingido por uma paulada na cabeça e ficou desacordado, mas passa bem.

Um terceiro elemento, moreno, com as mesmas características do assaltante que assaltou a casa no bairro Samambaial, ajudou na fuga. Por isso, a polícia acredita que os assaltos podem ter sido cometido por integrantes de uma mesma quadrilha. Os ladrões fugiram numa moto, levando R$ 600,00 em dinheiro e dois aparelhos celulares.

 

AN.COM.BR
 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar