Passageiros e motorista de ônibus da linha Curitiba – Itapoá passam por momentos de tensão a caminho de Itapoá Imprimir E-mail
Policial
Dom, 08 de Agosto de 2010 23:52

Era aproximadamente 20h30min deste domingo (08) quando um veículo Fiat Pálio, na cor vermelha, tentou ultrapassar o ônibus da Expresso Maringá que vinha pela PR-412 (rodovia que liga Garuva/SC à Guaratuba/PR) em plena curva, onde é proibida a ultrapassagem.

Não bastasse a infração que estava sendo cometida pelo condutor do veículo pequeno, na pista contrária trafegava outro ônibus. Os motoristas dos dois ônibus tiveram um esforço enorme para que um grave acidente não ocorresse, jogando seus veículos para os cantos de suas pistas.

A partir desse momento, o veículo Fiat Pálio passou a perseguir o ônibus que vinha em direção à Itapoá. Já na estrada Cornelsen, o Pálio ultrapassou o ônibus e passou a fechá-lo com freadas violentas. Foram várias as vezes que o motorista do ônibus quase parou o veículo para evitar um acidente. Passageiros e motorista do ônibus, preocupados, tentavam contato com a Polícia Militar de Itapoá, mas no local não havia sinal algum de telefonia celular. Em uma manobra ousada, o motorista do ônibus conseguiu realizar a ultrapassagem pelo veículo suspeito, mantendo-se na dianteira até que a PM fosse acionada.

Quando o ônibus fez a sua primeira parada, já na Barra do Saí, em Itapoá, o veículo menor o ultrapassou, seguindo em direção a Itapema do Norte. Integrantes do Fiat Pálio utilizaram palavras de baixo calão contra o motorista do ônibus, que seguiu a viagem sentido à Boca da Barra.

Segundo informações da Polícia Militar de Itapoá, o veículo suspeito foi abordado a caminho de Itapema do Norte. Após conferirem toda a documentação e o estado do motorista, a PM constatou que os integrantes estavam em família e que o motorista não estava embriagado. O motorista alegou aos policiais que foi fechado pelo ônibus e, por isso, passou a persegui-lo. Tal versão foi desmentida pelo motorista e todos os passageiros do ônibus, que ficaram bastante assustados com tudo o que ocorreu.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar