Sistema elétrico ganha reforço de R$ 80 milhões para o Verão Imprimir E-mail
Obras
Seg, 12 de Dezembro de 2011 22:56

Setor elétrico do litoral terá investimento de R$ 80 milhões neste verão. O motivo é o grande fluxo de turistas e veranistas que visitam o Estado na alta temporada, fazendo com que o consumo de energia triplique. Segundo a Celesc o objetivo é garantir o atendimento eficiente a esse aumento de consumo, neste verão.

"Os investimentos contemplam a construção e ampliação de subestações e de linhas de transmissão, reforma de redes e serviços de manutenção preventiva, além da contratação de novos profissionais para serviços de emergência e manutenção pesada", explica Cleverson Siewert, Diretor Técnico da Empresa.

As obras e as contratações beneficiam consumidores de trinta cidades litorâneas, distribuídas ao longo dos 560 km de extensão da costa marítima do Estado. Com a conclusão das obras, haverá incremento de quase 170MVA na potência instalada para fornecimento de energia em Santa Catarina.


Obras


No litoral norte, a construção de uma Subestação e de 38 km de linha de transmissão para atender o novo terminal portuário, está sendo fundamental para o atendimento eficiente do município de Itapoá, onde a população aumenta quase 20 vezes durante a temporada.

Os consumidores do litoral do Vale do Itajaí, principalmente dos municípios de Navegantes, Piçarras, Itajaí e São João do Itaperiú, estão sendo beneficiados com a energização da Subestação Navegantes, prevista para 15 de dezembro.

Na mesma região, a ampliação da Subestação Porto Belo vai atender ao crescimento imobiliário de Itapema e Bombinhas e o mesmo acontece em Camboriú, com a ampliação da Subestação Camboriú e instalação de um transformador móvel no Morro do Boi. Juntas, essas obras vão aumentar em quase 110MVA a potência instalada da região.

Na Grande Florianópolis estão concentradas obras de grande porte como a construção de 20 km de Linha de Transmissão entre as Subestações Trindade e Ilha Norte, em circuito duplo, que vai quadruplicar a capacidade de transmissão de energia para uma das regiões mais freqüentadas do verão catarinense, que também será beneficiada com a ampliação de 60% da potência instalada na subestação Ilha Norte.

No Extremo Sul, foram realizadas obras de reestruturação da rede, como a construção de uma nova conexão com a rede básica na região de Forquilhinha que melhora substancialmente o atendimento a Araranguá e balneários vizinhos. Na região de Tubarão, foram realizadas obras de melhoria em toda a rede, como substituição de condutores, instalação e substituições de transformadores, além da ampliação da Subestação Garopaba.

"Nesta região, devido ao alto índice de salinidade, também foram realizados serviços de manutenção preventiva, com substituição de equipamentos deteriorados pela maresia e limpeza das redes com robôs lavadores", conta Siewert.


Do site Economia SC.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar