FATMA libera Licença Ambiental prévia para a dragagem e o desassoreamento de trecho do Rio Saí Mirim Imprimir E-mail
Natureza
Dom, 09 de Maio de 2010 15:00

Assoreamento Rio Saí MirimDepois de muito empenho da comunidade da Barra do Saí, dos Vereadores do Município, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Defesa Civil, das entidades civis organizadas e do Ministério Público de Itapoá, a FATMA (Fundação de Meio Ambiente de Santa Catarina) liberou a LAP (Licença Ambiental Prévia) nº. 24/2010, nessa quinta-feira (05), à Prefeitura Municipal de Itapoá.


Essa licença ambiental prévia prevê a dragagem e o desassoreamento de um trecho de nove quilômetros do Rio Saí Mirim, contados a partir da atual barra.

Segundo as condições gerais da referida licença ambiental, o volume a ser dragado será de 53.937 m³ e, assim que iniciadas, as obras devem durar 90 dias, sendo que a licença possui validade de 12 meses.

Essa Licença Ambiental Prévia nº. 24/2010, que prevê a liberação da dragagem e do desassoreamento no Rio Saí Mirim, é tida como o primeiro passo para a solução de diversos problemas enfrentados pelos moradores da Barra do Saí, visto que as enchentes que assolam a localidade deverão ser bem menos frequentes e os pescadores da região terão sua vida facilitada com relação ao trânsito de suas embarcações no rio.

Abaixo, imagens do Diário de Itapoá e de Carolina Caldeira, quanto à atual situação do assoreamento no Rio Saí Mirim.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar