Ressaca atinge 32 cidades do litoral de Santa Catarina Imprimir E-mail
Natureza
Dom, 30 de Outubro de 2016 23:05

Maré alta atingiu moradores de ao menos quatro regiões de SC. Duas famílias ficaram desalojadas no Norte; danos ocorreram em orlas.


A maré alta causou estragos em cidades do Litoral Norte, do Sul e do Norte de Santa Catarina, além da Grande Florianópolis entre a noite de sexta (28) na madrugada deste sábado (29). Os casos mais graves contabilizados foram de duas famílias desalojadas em Itapoá, bem como decks e postos de guarda-vidas destruídos pela maré.  Segundo a Defesa Civil, nos demais pontos, houve alagamento de ruas e residências.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, as ondas devem perder intensidade ao longo do dia, mas inundações costeiras podem ocorrer neste sábado na Grande Florinópolis e no Litoral Norte.


Litoral Norte

No Litoral Norte, tiveram prejuízos Balneário Camboriú, Barra Velha, Balneário Barra do Sul e São Francisco do Sul.

Em Barra Velha, segundo os bombeiros, a areia invadiu imóveis na orla e danificou o asfalto e o calçamento, além de destruir postos de guarda-vidas.

Ao menos 100 imóveis, entre lojas e casas foram atingidos pela maré entre 2h e 5h deste sábado.

Já em Balneário Camboriú, a maré invadiu a Avenida Atlântica durante a madrugada e bairros próximos do Rio Camboriú também ficaram inundados. Na Praia Central, a maré alta atingiu carros que estavam estacionados na rua.

Em vários pontos, a areia da praia cobriu a avenida e a limpeza da orla é feita durante esse sábado.

Dois postos de salva-vidas foram destruídos pela maré em Balneário Barra do Sul, conforme os bombeiros voluntários. Casas também foram atingidas pela água no Centro e no bairro Boca da Barra. Os moradores foram orientados pelos bombeiros a  deixarem o local, mas preferiram permanecer nas residências.  Conforme os bombeiros, o pico da maré foi entre as 2h e as 4h desse sábado.

Já em São Francisco do Sul, de acordo com o Corpo de Bombeiros de Barra Velha, ao menos cinco bairros tiveram prejuízos causados pela maré alta na noite de sexta. Cerca de 50 ligações comunicando danos e pedindo auxílio foram atendidas pelos militares até a manhã desse sábado.

Até a publicação desta notícia, a guarnição não tinha informações sobre o número de casas atingidas em São Francisco do Sul. No bairro Ubatuba, uma idosa precisou ser retirada da residência devido à invasão da água.

Em Navegantes, conforme a Defesa Civil, a maré destruiu a orla, danificando decks e caçadas. Um parque infantil também foi atingido pela água, além de uma cancha de bocha.

No Sul, os municípios de Balneário Arroio do Silva e Passo de Torres também tiveram prejuízos com a maré alta que causou ressaca durante a madrugada, segundo a Defesa Civil.

Em Balneário Arroio do Silva, várias casas foram invadidas pela água, muros de residências também foram derrubados, além dos alagamentos de ruas. Em Passo de Torres, as ruas também foram alagadas e as casas invadidas pela maré.


Itapoá

No Norte catarinese, em Itapoá, duas famílias ficaram desalojadas no Balneário Paese. Uma casa tem risco de desabar, decks foram destruídos. Seis postos de guarda vidas ficaram danificados e um foi destruído. Ruas de ao menos cinco bairros foram alagadas.

Fonte: Jornal A Notícia. Fotos: Marta Silveira Gutierrez e Jornal A Notícia.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar