17 de julho – Dia da Proteção às Florestas Imprimir E-mail
Natureza
Qua, 17 de Julho de 2013 14:20

17 de julho - Dia da Proteção às Florestas.No dia 17 de Julho é celebrado o Dia de Proteção às Florestas. A área do município de Itapoá ainda é recoberta por, aproximadamente, 70% de vegetação nativa, sendo considerado um dos maiores remanescentes florestais do Estado. Devido a sua grande linha de costa e praias calmas, Itapoá tem como principal atividade econômica o Turismo e o Porto. A atividade turística tem sido responsável pelo crescimento do Município, fazendo com que as áreas mais próximas da costa, que ainda possuem cobertura florestal, estejam em rápido processo de urbanização. Outras atividades econômicas locais também se destacam, como a pesca artesanal e, em menor escala, a produção agrícola.

As florestas de Itapoá foram consideradas como áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade brasileira, em estudo realizado pelo Ministério do Meio Ambiente (2008). O maciço florestal que ocorre no Município faz parte de um complexo de florestas de planície, manguezais e restingas que ocorrem de maneira contínua desde o litoral sul do estado de São Paulo, no entorno da Ilha do Cardoso, até a região nordeste do estado de Santa Catarina, onde atinge seu limite Sul de distribuição

Por meio da ação do homem e das mudanças climáticas, muitas áreas que antes eram cobertas por florestas, hoje, são apenas pequenas reservas mantidas por legislações ou por ONGs ambientalistas, que tem geralmente, como finalidade:
-  preservar bancos genéticos, de fauna e flora;
- acompanhar as alterações que aconteçam;
- proteger os recursos hídricos;
- proteger paisagens de relativa beleza cênica e com valor cultural, histórico e arqueológico, a fim de permitir estudos e turismo;
- conduzir a educação ambiental, de cunho turístico e escolar;
- proporcionar condições para o desenvolvimento de pesquisas;
- proteger áreas de particulares, com relevância faunística ou florística;
- proteger áreas que venham a ter, futuramente, uma utilização racional do uso do solo.

A Apremai se preocupa com esse frágil ecossistema e está sempre de prontidão para a sua defesa.

Visite a Apremai.
www.apremai.org.br
Educação Ambiental,Limpeza,Monitoramento.



Da Apremai - Barra do Sai – Itapoá –SC, com adaptação do Diário de Itapoá. Fotos: Apremai.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar