ONGs ambientalistas de Itapoá realizam excursão no Saí-Mirim Imprimir E-mail
Natureza
Qua, 21 de Setembro de 2011 19:28

ONGs ambientalistas de Itapoá realizam excursão no rio Saí Mirim.

O Dia Mundial da Limpeza das Águas, comemorado nesse sábado (17), motivou a realização de uma excursão ao rio Saí-Mirim, com o objetivo de constatar os impactos causados ao principal manancial para o abastecimento de água à população de Itapoá.

O evento – organizado pela Apremai (Associação de Proteção da Reserva do Mangue da Barra do Saí de Itapoá/SC), Fundação Pró-Itapoá e ADEA (Associação de Defesa e Educação Ambiental) – contou com convidados do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura e imprensa.

Da sede da Apremai, na Barra do Saí, em barco disponibilizado pelo pescador Oséia Fernando e equipamentos de segurança (salva-vidas) da Reserva Volta Velha, o grupo percorreu um extenso trecho, constatando as inúmeras agressões feitas ao rio, as quais foram documentadas pelo fotógrafo Beto Vieira.

Entre as mais evidentes, a ocupação da área de preservação permanente à margem do rio, supressão da mata ciliar, plantio de árvores exóticas (eucaliptos e pinus), edificações diversas, lançamento de esgoto doméstico diretamente no rio, muito lixo e, principalmente, o visível assoreamento do leito, impedindo, na maré baixa, a própria navegação.

Ficou evidente a necessidade de urgentes cuidados com a recuperação, proteção e conservação do rio e, em especial, quanto à fiscalização do entorno do Saí Mirim, para evitar a continuidade da degradação ambiental, notadamente nas áreas urbanizadas do percurso.

Matéria conjunta da Adea, Apremai e Fundação Pró-Itapoá, com adaptação do Diário de Itapoá. Fotos de Beto Vieira.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar