Itapoá entra para o seleto grupo de cidades brasileiras que contam com coleta seletiva Imprimir E-mail
Natureza
Qui, 12 de Maio de 2011 11:08

Desde o último dia 02 de maio, Itapoá conta com um caminhão da Surbi (Serviços Urbanos de Itapoá) devidamente personalizado, com um motorista e dois coletores, para a Coleta Seletiva.

A prestação desse serviço foi acertada em reunião ocorrida no último dia 25 de novembro, nas dependências da Surbi, quando estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Secretaria de Obras, da Assessoria de Imprensa, da Associação de Catadores e Carroceiros de Itapoá, bem como da própria Surbi. Ficou decidido que o que for coletado pelo referido caminhão será doado à Associação de Catadores e Carroceiros de Itapoá.

A Coleta Seletiva está sendo realizada por setores, em dias alternados. O Setor Amarelo, que compreende as localidades Figueira I, Figueira de Itapoá, Porto, Santa Terezinha, Farol de Itapoá, Bahama's, Brandalize, Itamar, Uirapuru, Imperador, Palmeiras, Princesa do Mar, Itapoá, Santa Clara, Paese, Celesc, terá a coleta sendo realizada às segundas-feiras. Já o Setor Azul, compreendendo o Jardim Pérola do Atlântico, Nossa Senhora Aparecida, Pérola, Samambaial, São José, Brasília, Cambiju, Rainha do Mar, terá a coleta feita às terças-feiras. Por fim, o Setor Vermelho, que compreende o Volta ao Mundo I, Volta ao Mundo II, Diamantina, Praia das Conchas, Itapema do Say I, Itapema do Say II, Praia do Saizinho e Barra do Say, terá a Coleta Seletiva nas quartas-feiras. Essa coleta será realizada sempre das 08h00min às 12h00min e das 14h00min às 18h00min.

O referido caminhão não recolhe móveis em madeira, colchões, óleo de cozinha, lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias.

Com esse serviço, Itapoá entra no seleto grupo de cidades brasileiras que contam com a coleta seletiva. Segundo estudos realizados pela Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre) -  associação sem fins lucrativos dedicada à promoção da reciclagem e mantida por empresas privadas – apenas 8% das cidades brasileiras fazem a coleta seletiva. Esse dado foi divulgado no último dia 09 de maio no site da revista Info, da Editora Abril.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar