Principais acessos rodoviários a Itapoá estão interditados ou congestionados Imprimir E-mail
Natureza
Sáb, 12 de Março de 2011 20:03

BRs 277 e 376 estão interditadas, e SC-310 está congestionada. Polícia Rodoviária pede para que motoristas não viajem.


Os problemas causados pelas chuvas no litoral se estenderam também para as principais rodovias da região. As BRs 277 e 376, que ligam Curitiba às praias do Paraná e de Santa Catarina, estão totalmente interditadas por causa da queda de barreiras. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, a recomendação é para que os motoristas não peguem as estradas. Para quem já está no litoral, a indicação é continuar na região até que as rodovias sejam liberadas novamente. Segundo a polícia, não há prazo para isso ocorrer.


No início da noite, duas pontes caíram nos quilômetros 18 e 24 da BR-277, entre o trecho de serra e o município de Paranaguá. Com o bloqueio da rodovia, a praça de pedágio da concessionária Ecovia, localizada no quilômetro 60, foi fechada. Além do desmoronamento das pontes, existem seis pontos de bloqueio na rodovia, de acordo com a concessionária Ecovia. No quilômetro 8, em Paranaguá, os dois sentidos da BR estão interditados devido a um alagamento no local. A mesma situação se repete nos quilômetros 13 e 18 da estrada.


O transbordamento de rios na região fez com que o canteiro que divide as pistas ficasse cheio de água. Casas na beira da rodovia ficaram com água até o telhado.


Alternativa Itapoá-Curitiba / Curitiba-Itapoá

 

Quem precisa ir de Santa Catarina ao Paraná a partir da BR-101, pode sair da rodovia no km 113 (região de Itajaí), acessar a BR-470/SC (passando por Blumenau, Ibirama e Rio do Sul) até São Cristóvão do Sul (SC) e pegar a BR-116 até Curitiba.


Quem está em Curitiba deve fazer o caminho inverso: seguir pela BR-116 até o km 84 (São Cristóvão do Sul), acessar a BR-470/SC e chegar à BR-101/SC por Itajaí (km 113). Chove em todo o trecho da BR-376 e ainda não há previsão para a liberação total da rodovia. A concessionária e PRF orienta para que os motoristas evitem utilizar a rodovia, porque ainda há restrição ao tráfego, e sigam por caminhos alternativos.


Na rota alternativa para quem vai ao litoral de Santa Catarina, passando pela Serra Dona Francisca, o congestionamento de 30 quilômetros que começou na tarde de sexta continua. A PRF diz que o tráfego está fluindo com bastante lentidão em função do grande número de veículos. A viagem demora em torno de 12 horas.


Serviço:

Antes de viajar, ligue para os fones 191 (Polícia Rodoviária Federal) e 198 (Polícia Rodoviária Estadual).


Fonte: Gazeta do Povo e Correio do Litoral, com adaptações do Diário de Itapoá

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar