Nove meses depois, Porto de São Francisco do Sul reitera solicitação de informações para contratação de estudos hidrográficos acerca da erosão da orla de Itapoá Imprimir E-mail
Natureza
Ter, 10 de Agosto de 2010 22:41

Porto de São Francisco do Sul reitera ofícioNo dia 12 de novembro de 2009, o Diário de Itapoá divulgava a emissão do ofício 1054/2009 por parte do Porto de São Francisco do Sul, que muito interessava a Itapoá. Tal ofício havia sido destinado ao INPH (Instituto Nacional de Pesquisas Hidrográficas), com sede na cidade do Rio de Janeiro. Nele, Paulo Corsi solicitava informações quanto a custos e prazos para a execução, por parte do INPH, de estudos hidrográficos que indicassem a possibilidade de “engordamento” das áreas erodidas em Itapoá, com o material proveniente das dragagens de manutenção, bastante rotineiras no Porto de São Francisco do Sul, segundo informações do próprio Porto, contidas no ofício.

Uma cópia de novo ofício com o mesmo conteúdo foi enviado ao Vereador Valdecir de Souza, Presidente da Comissão de Estudos e Acompanhamento da Erosão da Orla do Município de Itapoá. Datado de 5 de agosto de 2010, o novo ofício também enviado pelo Porto de São Francisco do Sul ao INPH, reitera o ofício anterior, deixando claro que passados nove meses, tais estudos nem sequer iniciaram.


Tal solicitação de informações é uma primeira etapa para a concretização de uma das exigências do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) requeridas para a liberação da licença ambiental à dragagem do canal de acesso ao Porto de São Francisco do Sul, conforme relatou o próprio Paulo Corsi, no final de agosto do ano passado (2009), em reunião realizada na Câmara Municipal de Vereadores.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar