Apresentadas atividades do Núcleo Regional de Perícias Imprimir E-mail
Justiça
Dom, 22 de Agosto de 2010 06:17

Túlio Leal CorreaNo primeiro semestre de 2010, o Núcleo Regional de Perícias em Joinville realizou 1.604 exames de criminalística, atendeu 482 casos de química forense, que implicaram na realização de 1.989 análises. Além disso, foram realizados 4.375 exames de corpo de delito e 203 laudos cadavéricos.

A informação foi divulgada pelo perito criminal do Núcleo, Tulio Leal Correa, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional, realizada quinta-feira (19), em Itapoá.

Antigamente, a estrutura atendia sete tipos de ocorrências, realizada por uma equipe composta por seis peritos. Em 2010, contando com uma equipe multidisciplinar de 19 peritos, distribuídos em setores especializados, o Núcleo Regional de Perícias passou a atender 18 tipos de ocorrências.

O órgão conta atualmente com peritos criminais, perito criminal bioquímica, peritos médicos legistas, auxiliares criminalísticos e ainda auxiliares médico-legais.

Recentemente, iniciaram as atividades do Laboratório de Análises Forenses, com autonomia para realizar as perícias na área de química forense de toda a região Norte do Estado. Numa iniciativa pioneira em SC, foi criado há poucos meses o setor especializado em Crimes contra a Pessoa, com a finalidade de tornar mais eficientes os exames periciais de homicídio e suicídio.

“Estes profissionais não medem esforços para atender a demanda e têm cumprido com êxito suas atribuições e a busca da melhoria contínua do serviço prestado à população”, destaca o Diretor Geral do Instituto Geral de Perícias, Giovani Eduardo Adriano.

Para 2011, a expectativa é de expandir ainda mais as ações do Núcleo, levando a uma completa autonomia da criminalística, ampliação das atividades do laboratório, eventos de capacitação profissional, operações conjuntas com as diversas entidades da segurança pública, além de investimentos para melhoria da qualidade dos setores já existentes.

A implantação deste Núcleo de Perícias de Joinville vem beneficiando toda a região Norte e Nordeste (abrangendo 20 municípios) e trazendo agilidade aos exames requisitados pelas Autoridades Judiciárias e Policiais. “Isso faz com que os exames sejam atendidos em um curto período, na própria região, e resultando em benefícios imediatos à população e ainda diminuindo o tempo de resposta de determinado exame”, comenta o perito criminal Túlio Leal Correa.

Informações da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Regional) de Joinville.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar