Garuvenses fecham rodovia SC-412 em protesto por mais segurança Imprimir E-mail
Eventos
Seg, 25 de Julho de 2011 09:49

Chega de acidentes, mais respeito pela vidaFamiliares e amigos de Alison Santos, atropelado no dia 17 de julho e que se encontra internado em estado grave, pedem mais redutores de velocidade na SC-412 no perímetro urbano de Garuva. A manifestação teve inicio às 13h30 desse domingo (24). A Polícia Rodoviária Militar chegou ao local às 14h15, e na sequência a PM de Garuva e de Itapoá. O protesto deixou a SC-412 bloqueada nos dois sentidos por aproximadamente duas horas. A barreira foi montada próximo ao Corpo de Bombeiros de Garuva.

Para chamar a atenção das autoridades locais sobre a falta de segurança na rodovia estadual SC-412, manifestantes montaram uma barreira e queimaram pneus e troncos de madeira. Apenas o vereador Lourival Schimidt (DEM) apareceu na manifestação. Segundo o vereador, já foi solicitado, através da Câmara de Vereadores e da Prefeitura, para que a Secretaria de Desenvolvimento Regional instalasse redutores de velocidade no perímetro urbano da rodovia.

Segundo os manifestantes, falta segurança para os pedestres, pois diversos acidentes aconteceram e nenhuma providência foi tomada. Os manifestantes garuvenses reivindicam de quatro a cinco redutores de velocidade, no trecho entre o posto Texaco e o semáforo de Garuva.

Sérgio Reis protesta por mais segurança“Se não colocarem lombadas no trecho temos que colocar lombada na cabeça dos motoristas”, conta Sérgio Reis, morador e um dos organizadores da manifestação.


A via foi liberada às 15h, conforme acordo entre policiais e manifestantes. Não houve tumulto até o fim do protesto.


Confira as fotos de Elvis Aron Pinheiro, do Diário de Itapoá.


 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar