Proprietário do Maresia contesta o desvio de trânsito no carnaval de rua Imprimir E-mail
Eventos
Sex, 11 de Março de 2011 12:11

Jeferson Garcia, proprietário do Maresia Música Bar há 17 anos, entrou em contato com o Diário de Itapoá, reclamando da falta de organização na ocasião da interdição da Avenida Beira Mar III, em virtude do carnaval de rua de Itapoá, realizado nos últimos dias 05, 06 e 07 de março.

- Senti-me prejudicado, juntamente com outros comerciantes. Eu acho que o desvio devia ser melhor sinalizado, além do que deveriam comunicar à imprensa, divulgando um mapa do desvio. Faltaram faixas ou placas indicativas para os sentidos, principalmente no que diz respeito a Itapoá (Centro) e ao PA (Pronto Atendimento) 24 Horas. Para quem é do Município e conhece os caminhos, não houve problemas, mas muita gente de fora (turistas e veranistas) se debateu e se perdeu nas ruas secundárias da Cidade. Não foi realizada nenhuma manutenção nessas ruas utilizadas para o desvio. Deviam ter limpado as margens ou alargado tais vias, para que as ruas tivessem condições de suportar o grande tráfego que receberam.

Outra observação feita pelo empresário é com relação ao horário do carnaval de rua.

- As edições anteriores dos carnavais de rua de Itapoá terminavam mais cedo, liberando o trânsito e tudo mais na sequência, o que favorecia os estabelecimentos noturnos do Município. Dessa vez, o trânsito só foi liberado próximo às 04h00min da manhã. Espero que no próximo ano, seja trabalhada uma forma mais justa, que equilibre as necessidades do carnaval de rua com as do comércio local.

Jeferson deixa claro que sempre foi favorável à realização do carnaval de rua.

- Não sou contra o carnaval de rua, tanto que o Maresia apoiou e foi parceiro de todas as edições anteriores do evento, mas ficou evidente a falta de organização no referido desvio no trânsito deste ano. Várias pessoas que chegaram ao Maresia nas noites de carnaval se queixaram da dificuldade para se chegar no estabelecimento. Alguns dias antes, eu havia conversado com o Diretor de Turismo da Prefeitura e o mesmo havia me informado de que tudo estava esquematizado em relação ao desvio e que eu não precisava me preocupar, porém apenas colocaram cavaletes e não auxiliaram com orientações sobre o percurso. Espero que para o ano que vem sejam tomadas providências a respeito disso e que esses desvios sejam mais organizados. Afirmo que continuarei parceiro dos próximos carnavais de rua, mas solicito que ele não prejudique o comércio local nos próximos anos, comércio esse que depende do movimento do carnaval.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar