Entrevista de março com o prefeito Sr. Ervino Sperandio Imprimir E-mail
Entrevistas
Dom, 08 de Março de 2009 11:07

O Diário de Itapoá leva ao Prefeito Municipal Ervino Sperandio (PSDB), mensalmente, questões levantadas pelos nossos internautas.

Dando continuidade ao canal com o prefeito, o DI publica a entrevista do mês de março.

1. Alguns internautas têm reclamado da falta de estrutura do município no período fora de temporada, principalmente no que diz respeito à conservação, limpeza, coleta de lixo e outros serviços básicos. Existe alguma previsão de melhora para este ano, nesse sentido?
Não posso responder por outras administrações, porém, nosso maior objetivo é atender nossos munícipes e os turistas que nos visitam com o respeito e a dignidade que estes merecem. Para isso, manteremos, através da Secretaria de Obras, uma programação de prestação de serviços públicos com qualidade e de forma contínua, evitando os problemas que ocorrem fora do período de temporada.

2. Muita gente reclamou da qualidade do asfalto no período de temporada. Qual foi o motivo na demora para reformar o asfalto? Existem mais previsões de reformas nesse sentido?
Infelizmente, iniciamos nossa administração no auge da temporada de verão, com todos os problemas a serem resolvidos. A péssima condição do asfalto, com certeza, é um dos problemas que mais nos afligem. A demora para a reforma do asfalto se deu face às exigências burocráticas. Como já mencionamos, a prestação dos serviços públicos, especialmente o asfaltamento das vias públicas e a manutenção do asfalto já existente, será realizado por esta administração com a qualidade que nossa população merece.

3. Qual a avaliação que o senhor faz da temporada 2008/2009? E do período de carnaval, especificamente?
Como não poderia deixar de ser, face às chuvas que nos atingiram, aliada à crise econômica global, houve uma queda bastante significativa no número de turistas que nos visitaram na última temporada, consequentemente, nosso comércio amargou o prejuízo.
No período de carnaval, o prejuízo foi ainda maior, pois além dos problemas já existentes, tivemos a interrupção no fornecimento de energia elétrica por aproximadamente nove horas, fato lamentável, para o qual já tomamos providências a fim de que não volte a ocorrer.

4. Outro assunto bastante discutido pelos internautas que acessam o Diário de Itapoá é em relação à Segurança Pública. Sabe-se que, findo a temporada, o efetivo de policiais cai drasticamente. Como o senhor avalia essa situação? Existe algum planejamento nesse sentido?
Felizmente, esse é um problema prestes a ser solucionado. Nossa administração já conquistou uma nova viatura para o policiamento militar, bem como mais cinco soldados, aumentando o quadro efetivo da polícia militar em definitivo. Para os próximos dias, estaremos recebendo um oficial para assumir o comando da polícia militar em substituição ao Sub-Tenente Pinheiro que está prestes a se aposentar.

5. Em se tratando da Lei 209/2008 que obriga plantões em sistema de rodízio nas farmácias do município, o Diário de Itapoá publicou uma matéria a respeito e alguns internautas questionaram a falta de fiscalização dessa lei. Essa fiscalização está sendo feita? De que forma?
Estamos mantendo entendimento com os proprietários das farmácias, a fim de encontrarmos a maneira correta de aplicabilidade da lei.

6. Internautas reclamam do excesso de animais, principalmente, cães abandonados circulando por todos os pontos, inclusive pela orla marítima, o que pode ser encarado como um risco à saúde pública. Existe alguma previsão de uma amenização desse problema?
Os animais de grande porte soltos nas vias públicas estão sendo apreendidos e, posteriormente, devolvidos aos seus donos. Para isso, esta administração contratou um funcionário que está efetivando estas apreensões.
Em relação aos cães abandonados, esta também é uma grande preocupação desta administração. Estamos estudando uma forma de buscar a melhor solução a este problema.

7. Algumas pessoas reclamam que várias ruas estão abandonadas e cada vez mais de difícil acesso. Como o senhor avalia essa situação? Alguma previsão de melhora nesse sentido?
Ao assumirmos a administração, nos deparamos com praticamente todas as ruas em situação de total abandono. Porém, hoje, graças ao incansável trabalho da Secretaria de Obras, quase que em sua totalidade, as ruas já tiveram as restaurações necessárias.

8. Administrativamente falando, quais são as suas previsões para a baixa temporada de 2009?
Nosso objetivo é buscar alternativas para que possamos manter vivo o comércio local como, por exemplo, o encontro de motorhomes que está ocorrendo em nosso município neste final de semana.

9. Qual tem sido sua prioridade de governo desde que assumiu o Executivo Municipal?
Nosso principal objetivo tem sido buscar soluções para os problemas mais graves, principalmente os estragos causados pelas enchentes.

10. Gostaria de deixar alguma mensagem aos internautas? Qual?
Não mediremos esforços para atender aos anseios da população. Assumimos nosso mandato em meio a uma crise econômica mundial, que acaba por restringir os recursos públicos, reduzindo os repasses. Como exemplo, podemos destacar os royalties da Petrobrás: fevereiro/2008 – R$ 185.206,34 e fevereiro/2009 – R$ 88.714,04. Houve uma redução de praticamente R$ 100.000,00. A fim de compensar, buscaremos todas as formas possíveis de economia para que possamos cumprir com nosso plano de trabalho, apresentado durante o período eleitoral.

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar