ENTREVISTA: Ernesto de Aquino, Vereador da Câmara Municipal de Itapoá Imprimir E-mail
Entrevistas
Sáb, 02 de Março de 2013 08:00

Vereador de Itapoá 2013-2016, Ernesto Policarpo de Aquino.

Nascido na cidade catarinense de São Francisco do Sul em 19 de junho de 1965, Ernesto Policarpo de Aquino reside em Itapoá há 21 anos. À época, veio por causa da doença de seu sogro Agenor Nazário Lima (em memória), que tinha um comércio chamado Mercearia Alvorada , onde hoje é o Mercado Chaves. Ele conta que conheceu Itapoá através de sua esposa, logo começou a trabalhar e se envolveu com a Igreja Católica local. “Logo, fui convidado a coordenar a primeira missão da Igreja Católica em Itapoá. Depois, recebi convite para coordenar os grupos bíblicos de reflexão paroquial. Entre outras atividades exercidas na Igreja, fui coordenador do CPP (Conselho de Pastoral Paroquial), catequista, ministro da palavra, da eucaristia, além de ministrar cursos de noivos e batismos. Participo ativamente da vida na Igreja há 19 anos”, conta. Ele diz que já tinha intenção de ingressar na política, quando soube que o PSC (Partido Social Cristão), sigla com qual se identificou, estava se instalando em Itapoá. Então, engajou-se com a equipe que estruturou o partido. “Já exercia trabalhos comunitários, pois era um dos três delegados da Defesa Civil votados em uma conferência de 2008. Também fui 1° coordenador da cozinha comunitária (Fundação Padre Faquini), conselheiro da APP (Associação de Pais e Professores) do Colégio Nereu Ramos em 2002, coordenador do Conselho Comunitário referente à enchente de 2008 em Itapoá, vice-presidente do Conselho Escolar do Colégio Monteiro Lobato em 2012 e atual secretário do Partido Social Cristão (PSC) de Itapoá”, explica.


A partir de agora, você confere a entrevista que o Diário de Itapoá fez com Ernesto Policarpo de Aquino (PSC), Vereador da Câmara Municipal de Itapoá:

De que forma o senhor avalia o voto de confiança dos itapoaenses ao o elegerem? Como pretende retribuir essa confiança?
Vejo de bom coração o reconhecimento de um trabalho que foi feito ao longo destes anos, e o povo reconheceu e retribui nas urnas. Quem me conhece, sabe que não meço esforços quando sou chamado para lutar por uma causa. Por isso, acredito e tenho certeza, vou legislar com democracia, sendo da situação ou oposição. Pois o interesse do bem estar itapoaense deve estar sempre em 1° lugar.

Qual a sua prioridade de trabalho em relação a projetos para o Município? Algum projeto que o senhor considere imprescindível?

A minha prioridade é o ser humano, vida a todos e vida com abundância (com qualidade). Não apenas dar o peixe, mas ensinar a pescar. Vou lutar por projetos que possam ajudar a qualificar as pessoas do nosso município, principalmente os jovens, para que possam conquistar empregos nas empresas que se instalarem em Itapoá. Desde mais vagas no EJA (Educação de Jovens e Adultos), até cursos técnicos, de pequenos a grandes portes.

Como o senhor avalia o trabalho do Poder Legislativo desenvolvido na gestão que se encerrou no final do ano (2009/2012)?
Acredito que cada um que esteve ali de sua maneira, contribui para o desenvolvimento de Itapoá. De uma forma geral, uma legislatura boa, mas por alguns impedimentos alguns não conseguiram êxito.

O que o senhor espera do Poder Legislativo Municipal na atual gestão 2013/2016?
Itapoá está vivendo um momento crucial. Precisamos que o Legislativo, em espírito de equipe, com união, lute para o bem da cidade e de seus cidadãos. Eu estou disposto a dar o melhor de mim para que isso aconteça.

E o Poder Executivo, gestão passada (2009/2012), como o senhor avalia?
Cada prefeito que passou por aqui deixou a sua contribuição, e o mesmo aconteceu nessa gestão que se encerrou, mas é que nós esperávamos muito mais, visto que em outra época, ele já fez, e fez o melhor.

O que o senhor espera da próxima gestão (2013/2016) do Poder Executivo Municipal?

Acredito que esta gestão será o divisor de águas, ou ela expande imensamente, ou ela retroagirá. Como todo o cidadão itapoaense, desejo que esse gestor faça o melhor para a nossa cidade, e quero acreditar que isso aconteça. Mas estarei atuante como fiscalizador.

Como o senhor avalia a recente concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município de Itapoá para uma empresa privada (a Itapoá Saneamento)?
Há tempos, já estamos vivendo com essa mesma promessa, a qual foi feita novamente por essa empresa. No entanto, esperamos que essa cumpra. E também estarei fiscalizando os trabalhos executados por ela, para que cumpra o que foi contratado. Desejo-lhe um bom desempenho de seus trabalhos.

Há alguns anos, o Município passa por um sério problema, que é a erosão de sua orla marítima, como o senhor avalia essa situação?

Eu que resido neste Município há 21 anos, tenho presenciado as tristezas que a erosão vem causando em nossas orlas. O bom é que já existe o Projeto Orla, e que a ideia não seja apenas mostrar quem foi o mentor desse projeto, mas sim executá-lo. Eu, como vereador, esforçarei-me a recuperar a nossa bela praia.

Como o senhor avalia o atual momento do nosso município?
Há uns sete meses, Itapoá foi matéria da Folha de São Paulo, vista como a menina dos olhos do Brasil. Vivemos um momento ímpar, oportunidades de emprego, valorização imobiliária. Ainda que a cidade está com esse cunho industrial, não podemos abandonar o nosso setor turístico, visto que muitos em nossa cidade dependem dessa área, inclusive os nossos comerciantes e pescadores, que são quem mais sofrem. Temos tudo para fazer Itapoá crescer muito, mas não nos esquecendo de colocar o ser humano em primeiro lugar.

Qual a mensagem que o senhor deixa para a população itapoaense e, até mesmo, para os turistas que frequentam nosso município?
Agradeço a todo o povo itapoaense pela oportunidade, e afirmo que darei o melhor de mim para retribui aqueles que em mim confiaram. Vou lutar por oportunidades, por uma Itapoá mais justa, e que proporcione dignidade a todos que nela vivem. Que Deus abençoe a todos, e que me ilumine nesta caminhada.


A entrevista com o vereador da Câmara Municipal de Itapoá, Ernesto de Aquino, é a sétima de uma série que o Diário de Itapoá fez e está fazendo com personalidades e autoridades do Município. Em breve, outras entrevistas estarão sendo publicadas aqui no site. A intenção é mostrar um pouco mais de cada uma dessas personalidades.



Do Diário de Itapoá.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar