Escola Estadual Nereu Ramos comemora 33 anos de história Imprimir E-mail
Educação
Qui, 24 de Abril de 2014 23:58

Nesta quinta-feira (24), a Escola de Educação Básica Nereu Ramos de Itapoá completou 33 anos de existência.


O Grêmio Estudantil da Escola lembrou que no dia 24 de abril de 1981 aconteceu a inauguração da Escola Nereu Ramos. “Viva o Nereu! Trinta e três anos de histórias, lutas e vitórias!”, comenta o presidente do Grêmio Estudantil da EEB Nereu Ramos Lincoln Pradal.

Ao longo desses 33 anos de história, milhares de alunos viveram momentos de aprendizado, alegrias, emoções, angústias, amizades e descobertas.

Trata-se da única escola que oferece o ensino médio do município de Itapoá, e que em todos esses anos permitiu que muitas crianças, jovens e adultos compartilhassem desse espaço físico para aprimorar os seus saberes.

Muito além de uma construção, a Escola Nereu Ramos ficará guardada para sempre na memória de muitos cidadãos itapoaenses como um espaço de boas recordações e de saudades.

Nem tudo são flores e como a maioria das escolas brasileiras, diversos problemas de infraestrutura por falta de manutenção acompanham a história da escola. Infelizmente a realidade é que temos um Estado descomprometido com uma educação pública de qualidade, e um Governo Estadual cada dia mais relapso com a manutenção das estruturas educacionais existentes, conforme frequentemente noticiado nos jornais de circulação estadual. Isso sem levar em consideração a falta de valorização e motivação dos profissionais da educação.

Mas a sociedade ainda pode contar com profissionais que mantém acesa a chama da esperança. A perspectiva de dias melhores, e da mudança ou resgate dos valores e do comprometimento com a educação pública de alto rendimento.

A servidora pública da escola Sra. Marisete Weber comenta “eu faço parte da metade da vida do Nereu”. Já para a servidora da escola Sra. Lucimery do Rocio destaca as boas lembranças que guarda consigo. A ex-diretora Nilza Costa de Oliveira diz, “Parabéns para nós. O colégio está de aniversário, 24 de abril de 1981. Lembro muito bem, foi muito importante para nossas vidas. Parabéns. Parabéns. Parabéns.

O professor aposentado Ozail da Silva Costa também parabeniza o aniversário da escola. A administradora escolar Sra. Márcia Regina Eggert Soares diz, “São 23 anos de serviço prestado no Nereu Ramos. Foram muitos desafios e conquistas. São muitas lembranças e saudades ao longo dessa trajetória. Parabéns EEB Nereu Ramos!”. A orientadora escolar Sra. Terezinha da Silveira (Teca), parabeniza a todos os alunos, professores, servidores administrativos, pais e a comunidade escolar pelos 33 anos de história da escola.

A professora Sra. Eli Pradal também parabeniza a escola pelos seus 33 anos de história. Por fim, a diretora Sra. Jane Maria Scholze parabeniza o Grêmio Estudantil pela lembrança e singela homenagem ao aniversário de 33 anos de escola.

Do Diário de Itapoá. Fotos da EEB Nereu Ramos.



HISTÓRICO DA ESCOLA

Antes de 1981, existia a Escola Isolada Municipal Nereu Ramos que era administrada por Garuva, pois Itapoá ainda não era município. A escola tinha turmas de 1ª a 4ª Série, e os professores eram: professor Felix, professor Ozail e professora Jurema.

Muitas crianças queriam continuar seus estudos, mas não tinham condições. Algumas pessoas da comunidade, os professores e a APP se interessaram para solicitar que o governo oferecesse oportunidade para esses alunos dar continuidade aos estudos.

Para provar ao governo que havia alunos interessados, o Senhor Marcos Mertens (proprietário do Hotel Pérola) conseguiu fichas de matrícula na Supervisão das Escolas da região, que na época funcionava em Pirabeiraba.

Com essas fichas, os professores já citados, foram de casa em casa recolhendo os nomes dos alunos interessados para frequentar a 5ª série. Com essas “matrículas” o professor Félix e o senhor Marcos Mertens se dirigiram ao Deputado Nagil Zattar, que os apresentou na Secretaria da Educação, onde estava meio “esquecido” um projeto para que o Estado mantivesse o custeio para o funcionamento de 5ª a 8ª série.

Outras pessoas da comunidade e também de Garuva, deram apoio para conseguir tudo o que fosse necessário à aprovação do projeto. Nesta ocasião, os professores Luiz Carlos Pleskac de Oliveira e sua esposa, professora Nilza Costa de Oliveira, que lecionavam em Garuva, foram convidados a trabalhar em Itapoá. No dia 24 de abril de 1981 o CEE aprovou o projeto de implantação da 5ª série. As aulas iniciaram com duas turmas, sendo uma em cada período.

Além do professor Luiz Carlos Plescak de Oliveira (que foi o primeiro diretor) e a professora Nilza, veio também o professor Edílio. Os três lecionavam todas as disciplinas e, com ajuda das mães, dos outros 11 professores e de alunos, organizavam a merenda e toda a limpeza da escola, bem como o trabalho de secretaria.

Como as aulas iniciaram em abril, todos os sábados havia recuperação.

Uma das principais dificuldades era a comunicação, seja da escola com os órgãos do Estado, seja dos professores que vinham de Guaratuba, se precisassem se comunicar com familiares pois não havia telefone. A entrada no município era péssima e, em épocas de enchentes atravessavam o rio em pequenos barcos, com riscos, entre outros, de molhar papéis, documentos da escola.

O que mais marcou os primeiros anos da escola foi a colaboração dos professores, dos pais  e dos próprios alunos para o bom funcionamento da mesma.

A Associação de Pais e Professores foi muito atuante.

Em 1982, as turmas de 1ª a 4ª série também passaram para o Estado.

 
ESCOLA ATUAL

A Unidade escolar iniciou suas atividades em 24/04/1981, dez dias após a aprovação do C.E.E. (Conselho Estadual da Educação), por isso comemoramos o aniversário nesta data.

A Escola Básica Nereu Ramos até então era Escola Municipal. Iniciou com duas 5ª séries, e com a implantação do 2º grau tornou – se Colégio Estadual.

A unidade escolar, primeiramente chamada Escola Básica Nereu Ramos, teve seu funcionamento autorizado pelo Conselho Estadual de Educação, através do Parecer nº 125/81 do CEE, aprovado em 14.04.81, pela Portaria E/180/81 de 12.05.81 e estadualizada pelo Decreto nº 17.228, de 09 de julho de 1982 e pela Lei Municipal nº 287/82 que doou o prédio ao Governo do Estado e pelo Parecer nº 122/83, do CEE de 30 de agosto de 1983, que legalizou a situação do 12 estabelecimento.

No dia 16 de junho de 2004, foi realizada a inauguração do novo prédio escolar, com a presença do Exmo. Sr. Luiz Henrique da Silveira – atual Governador do Estado de SC.

Desde o ano de 2000 a unidade escolar faz a inclusão em seu contexto da prática pedagógica de alguns alunos que apresentam deficiências (mental, física, auditiva, visuais e transtornos comportamentais).


BIOGRAFIA DO PATRONO

A Escola de Educação Básica Nereu Ramos, leva este nome em homenagem ao político catarinense, Nereu Ramos (18881958). Natural da cidade de Lages e formado pela faculdade de Direito da Cidade de São Paulo em 1909. Foi Deputado Estadual em Santa Catarina em 1911 e em 1927 foi fundador e primeiro Presidente do Partido Liberal Catarinense.

Em 1930 foi eleito Deputado Federal, mas com o fechamento do Congresso teve seu mandato extinto. Apoiou a Revolução Constitucionalista e em 1935 foi eleito Governador do nosso Estado e posteriormente Interventor, no qual permaneceu ate 1945.

Como Presidente do Senado Nacional, Nereu Ramos assumiu a Presidência da República após o suicídio do titular, Getúlio Vargas. Com a morte de Vargas e o afastamento do vice presidente Café Filho, ele assumiu a Presidência da República em 1955, entregando a ao Presidente eleito, Juscelino Kubitschek em 1956, que o nomeou Ministro da Justiça, cargo que ocupou ate 1958, quando foi vítima de acidente aéreo.


Fonte: Secretaria de Educação de Santa Catarina.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar