Semana Farroupilha é comemorada em Itapoá Imprimir E-mail
Cultura
Ter, 22 de Setembro de 2009 16:59

O mês de setembro tem uma grande importância para o tradicionalista gaúcho, visto que dia 20 é a data máxima do estado do Rio Grande do Sul e de todos aqueles que seguem as tradições gaúchas.

Neste dia, em todos os cantos, os tradicionalistas reverenciam a Revolução Farroupilha, que foi um marco da história e da formação política da sociedade rio-grandense.

Segundo os historiadores, a Revolução Farroupilha, iniciada em 20 de setembro de 1835, e que teve duração de cerca de 10 anos, envolveu em sucessivos combates, cerca de 20 mil homens e mulheres, resultando na morte heróica de aproximadamente 3.500 pessoas, em sua maioria revolucionários.

Nas comemorações da Semana Farroupilha participam milhares de pessoas no Brasil e em outros países. No Rio Grande do Sul, por exemplo, os funcionários públicos, durante a Semana Farroupilha, trabalham usando as roupas típicas do tradicionalismo gaúcho. Nessa semana também é intensa a programação dos CTGs (Centros de Tradições Gaúchas), os quais, no dia 14 de setembro, acendem a “Chama Crioula”.

A Semana Farroupilha tem como objetivos divulgar os símbolos Rio-Grandenses, esclarecendo o uso e conhecimento dos mesmos, despertar o espírito cívico de todos que dela participam, e promover atividades culturais que aumentem o conhecimento das tradições gaúchas, tais como: hospitalidade, coragem, nativismo, respeito à palavra empenhada, apego aos usos e costumes e o cavalheirismo.

Este ano Itapoá teve a primeira comemoração da Semana Farroupilha, do dia 14 ao dia 20 de setembro, a qual foi celebrada com muitas festividades em todo o Município.

A “Chama Crioula” foi acesa no CTG Herdeiros da Tradição, na segunda-feira (14), às 18 horas, e foi levada pelos peões do referido CTG, os quais estavam devidamente pilchados (trajados tipicamente), por meio de uma cavalgada, até o Pontal, onde houve uma cerimônia de confraternização no salão da ACOPOF. Na terça-feira (15) a chama saiu do Pontal e foi levada até Jaguaruna, para a confraternização no sítio do Sr. Zeca Aguiar. Na quarta-feira (16) a chama retornou até o CTG Herdeiros da Tradição e foi recepcionada no Restaurante do Hotel Continental, onde seguiu, na quinta-feira (17) até o Box 66, sendo recepcionada pelo “Gaúcho”.

Na sexta-feira (18), a cavalgada seguiu até o CTG Fronteira do Litoral, no sábado (19) foi até o Restaurante Costelão e, na manhã de domingo (20), dia que foi o marco da Semana Farroupilha, foi realizada uma cavalgada pelas principais ruas de Itapema, tendo como ponto final o Sítio do “João Grandão” onde, às 18 horas, a Chama Crioula foi “acalmada”, visto que ela nunca se apaga.

O Sr. Nivaldo Zimermman, organizador das festividades, juntamente com sua esposa Vera, informou ao Diário de Itapoá que a comemoração da Semana Farroupilha já está prevista para o ano que vem. Ele, que é natural de Joinville, mora em Itapoá há 01 ano e 09 meses e é tradicionalista gaúcho desde criança.

Em todos os encontros para entrega da chama, os anfitriões das localidades ofereceram um jantar e boa música aos cavaleiros e a todos os convidados.

 

 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar