Itapoá esteve representada na Marcha das Margaridas em Brasília (DF) Imprimir E-mail
Agricultura
Seg, 22 de Agosto de 2011 22:13

Itapoá representada na Marcha das Margaridas em Brasíliia DF.Há 11 anos é realizado, em Brasília (DF), a Marcha das Margaridas. Esse evento, que teve edições em 2000, 2003, 2007 e 2011, se tornou a maior mobilização feminina das Américas.

A edição de 2011, realizada nos dias 16 e 17 de agosto, teve o lema concentrado em quatro pontos: desenvolvimento sustentável com justiça, autonomia, igualdade e liberdade.

O objetivo maior é ser um movimento em prol das conquistas das trabalhadoras rurais e das mulheres brasileiras, denunciando a violência sofrida pelas mulheres do campo e a falta de acesso ás políticas públicas, devido a discriminação que, ainda, é muito grande.

Margarida Maria Alves é a homenageada da Marcha. Ela foi uma grande líder sindical e acabou se tornando símbolo político ao ser assassinada, pois dizia que preferia “morrer lutando, do que morrer de fome”.

As mulheres representam 52% da população brasileira e 53% do total do eleitorado. Segundo a itapoaense Bernadete Lingoski, que participou do evento, abrir novos horizontes para a nação é um objetivo que só será alcançado através da garantia de igualdade de direitos, oportunidades e do rompimento da invisibilidade imposta às mulheres durante gerações. “Nós não só lutamos por direitos corporativos, mas estamos integradas em um projeto nacional de desenvolvimento de sustentabilidade econômica, social e ambiental. Que venham novos desafios. Estaremos prontas para as batalhas que virão”, conclui Bernadete.

A participação das catarinenses nessa mobilização foi organizada pela comissão estadual de mulheres da Fetaesc (Federação dos Trabalhadores na Agricultora do Estado de Santa Catarina). No município de Itapoá, foi organizada pelo Sindicato dos Agricultores local.

Com informações e imagens de Bernadete Lingoski, participante desse evento.



 

Adicionar comentário

Política de Comentários DI

Ao efetivar um comentário, o internauta concorda com a nossa política de moderação.


Código de segurança
Atualizar